Machine Head cancelam digressão europeia. Concertos em Portugal ficam sem efeito

Toca a tratar dos reembolsos.

Machine Head

Já se esperava. Após terem reagendado a digressão europeia devido à pandemia de COVID-19, a banda norte-americana Machine Head anunciou esta manhã o cancelamento das digressões europeia e australiana.

No que toca a Portugal, os concertos, inicialmente agendados para abril deste ano, tinham sido adiados para outubro, mas ficam agora sem efeito.

A promotora House of Fun partilhou no Facebook o comunicado oficial da banda, onde o guitarrista e vocalista Robb Flynn explica que, com a situação atual, tinham tomado a responsável decisão de cancelar em definitivo a tour. Com os espaços a funcionar a conta gotas ou sem poderem receber cidadãos dos Estados Unidos, esta é uma decisão que tem afetado imensa gente e, consequentemente, causado imensos prejuízos.

Resta agora, portanto, tratar do reembolso. Para quem adquiriu bilhete para o concerto de Lisboa ou Porto dos Machine Head, saibam que poderão pedir o reembolso a partir da próxima segunda-feira, dia 3 de agosto, no respetivo ponto de venda.

- Publicidade -

Sigam-nos

10,689FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
622SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Já há novas datas para os concertos dos Machine Head em Portugal

Com concertos inicialmente agendados para os dias 23 e 24 de abril em Portugal, algo que, infelizmente, não irá acontecer no âmbito do coronavírus SARS-CoV-2 (agente causal da Covid-19), os Machine Head acabam de confirmar novas datas para os concertos no nosso país.

Machine Head celebram os 25 anos de Burn My Eyes nos Coliseus

É algo que vai deixar os fãs muito felizes. Os Machine Head vão dar dois concertos...

Machine Head regressam a Portugal já na próxima semana

A banda toca a 30 de março no Coliseu de Lisboa e, no dia seguinte, no Coliseu do Porto. Os bilhetes ainda está à venda.
- Publicidade -

Mais Recentes

Leroy Merlin vai apostar em lojas de grande, médio e pequeno formato

Cada uma com uma oferta de produtos e serviços ajustada.

Crítica – The Rental

Francamente, um filme de terror muito inocente.

Nova Carta do Mano a Mano – Os italianos não têm de ser todos iguais

E uma maneira boa de o fazer é trazer um Chef Executivo como Giovanni Pellegrini.