Livre.com: A plataforma que quer consciencializar sobre a igualdade de género e orientação sexual

por Echo Boomer

A Associação para o Planeamento da Família (APF), com o apoio da Fundação Vodafone e apoio institucional da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG), vão criar uma plataforma web e app dirigida a crianças dos 1º e 2º ciclo, seus pais, educadores e professores, que tem como objetivo principal fomentar a literacia quanto à igualdade de género e à liberdade para a orientação sexual.

A plataforma em questão chama-se Livre.com e quer, acima de tudo, consciencializar e desconstruir preconceitos sobre estas matérias.

Hoje em dia, para muitos/as jovens, a escola não é ainda um espaço seguro. Segundo um estudo do EU LGBT (a amostra não foi especificada), cerca de 94% dos/as jovens LGBT ouvem ou testemunham comentários e comportamentos negativos em contexto escolar em Portugal. Os dados existentes sobre a violência no namoro mostram que quase um terço dos rapazes legitima comportamentos de violência no namoro e cerca de 24% normaliza a violência sexual nestas relações.

Já em Portugal, um estudo realizado Portugal pela CIG conclui que o preconceito entre o valor do trabalho para homem e mulher começa a ser desenvolvido nas crianças entre os 6 e os 8 anos.

São estas problemáticas de comentários inapropriados e/ou negativos, violência e preconceito que a Livre.com se propõe a combater.

O projeto inicia-se esta semana com um concurso de criatividade para a conceção da identidade da plataforma, lançado aos alunos de design de quatro universidades (Faculdade Belas Artes Lisboa e Porto, Faculdade de Arquitetura Lisboa e ESAD Matosinhos). Depois de escolhida a proposta vencedora, serão criados o website, app e redes sociais do projeto, até final de maio.

Para promoção e comunicação desta nova plataforma, será realizado um Teatro Itinerante por Escolas do Ensino Básico (a turmas dos 1º e 2º ciclos) a nível nacional.

Nos próximos meses serão também desenvolvidas campanhas nacionais e internacionais, artigos de opinião, trabalhos realizados por alunos e professores e estudos realizados sobre as matérias.

Também pode interessar

Deixar uma resposta

O Echo Boomer utiliza cookies para dar a melhor experiência possível aos nossos leitores. Aceitar Ler mais

%d bloggers like this: