fbpx

Filme português “Linhas de Sangue” estreia já esta quinta-feira

Produzido pela Coyote Vadio e Caos Calmo Filmes e realizado por Manuel Pureza e Sérgio Graciano, Linhas de Sangue é um filme inédito e inesperado e posiciona-se como um género ainda por explorar na cinematografia nacional.

Há uma série de alusões aos últimos 20 anos de Portugal, na sua condição de país da cauda da Europa, de país alvo da austeridade e ainda de país-exemplo no que toca à especulação imobiliária e afins. Alguns vão ver tudo isto; outros, verão apenas uma comédia de ação, carregada de irresponsabilidade e rock’n’roll.

Deste projeto fazem parte 23 bandas, entre as quais Xutos e Pontapés, Carlão, Fogo Fogo, MGDRV, Frankie Chavez e Paus, que compõem a banda sonora, em duetos inesperados que lembram também as melhores bandas sonoras dos filmes de ação dos anos 90. O filme irá também contar com o lançamento de uma banda-desenhada.

Catarina Furtado, Débora Monteiro, Joaquim Horta, José Fidalgo, José Raposo, Marina Mota, Miguel Costa e Paulo Pires são apenas alguns dos 54 conceituados atores portugueses que protagonizam esta comédia nonsense.

Linhas de Sangue assume-se como o próximo grande blockbuster português, criado para fazer espetadores. Estreia dia 26 de julho.


 

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,779FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
629SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Crítica – Enola Holmes

Enola Holmes oferece uma agradável e refrescante visão de uma franchise que pode ter ganho um novo futuro.

Crítica – The Devil All The Time

The Devil All The Time pode não ser indicado para aqueles que têm uma visão muito pessoal sobre a religião. Já para outros será um filme que tardará a desaparecer da memória.

Candyman adiado para 2021

E não é preciso adivinhar porquê.

Vem aí um filme sobre a vida de Madonna

E o guião está a ser desenvolvido pela própria.
- Publicidade -

Mais Recentes

Domino’s Pizza chegou a Leiria

A marca continua a sua expansão por Portugal.

Alain Afflelou lança óculos de sol fabricados com plásticos retirados do oceano

Em cada par de óculos H2O foram utilizadas cinco garrafas de plástico recuperado do oceano.

Turismo de Lisboa apresenta a nova rota de Arte Urbana

Lisboa foi escolhida por muitos artistas portugueses e internacionais para ser a sua tela.