Lime deixa de ter trotinetes disponíveis em Coimbra

por Echo Boomer

A marca não especifica exatamente as razões que a levaram a tomar esta decisão, não deixando, por isso, de referir fatores como clima, a regulamentação e a disponibilidade de infraestruturas, essenciais para determinar a frota disponível. Além disso, a Lime também refere que é necessário criar um ecossistema forte e sustentável na região, tendo para isso, de existir, uma estratégia concertada com mais entidades locais.

As trotinetes da Lime chegaram a Coimbra a 1 de março, disponibilizando um máximo de 400 trotinetes nos 70 hotspots distribuídos pelo município, mas, agora, a marca interrompe a operação na cidade dos estudantes por não estarem reunidas todas as condições. Foram praticamente seis meses de operação na cidade, o que é pouco, diga-se, podendo ter sido uma decisão arriscada.



Em todo o caso, este não é um adeus definitivo. A Lime vai avaliar a estratégia de negócio e expansão em Portugal, pelo que a possibilidade de voltar a Coimbra e chegar a outras cidades vizinhas não é posta de parte.

Recorde-se que a Lime conta com mais de três milhões de utilizadores em todo o mundo, tendo sido não só a primeira empresa do género a operar em Portugal e também a primeira operadora a entrar em Coimbra. No entanto, pode, por enquanto, não existir trotinetes da marca na cidade, mas ainda há uma solução para os adeptos da micromobilidade: as trotinetes da CIRC.

Deixar uma resposta

Também pode interessar

O Echo Boomer utiliza cookies para dar a melhor experiência possível aos nossos leitores. Aceitar Ler mais

%d bloggers like this: