Lime deixa de ter trotinetes disponíveis em Coimbra

A marca não especifica exatamente as razões que a levaram a tomar esta decisão, não deixando, por isso, de referir fatores como clima, a regulamentação e a disponibilidade de infraestruturas, essenciais para determinar a frota disponível. Além disso, a Lime também refere que é necessário criar um ecossistema forte e sustentável na região, tendo para isso, de existir, uma estratégia concertada com mais entidades locais.

As trotinetes da Lime chegaram a Coimbra a 1 de março, disponibilizando um máximo de 400 trotinetes nos 70 hotspots distribuídos pelo município, mas, agora, a marca interrompe a operação na cidade dos estudantes por não estarem reunidas todas as condições. Foram praticamente seis meses de operação na cidade, o que é pouco, diga-se, podendo ter sido uma decisão arriscada.



Em todo o caso, este não é um adeus definitivo. A Lime vai avaliar a estratégia de negócio e expansão em Portugal, pelo que a possibilidade de voltar a Coimbra e chegar a outras cidades vizinhas não é posta de parte.

Recorde-se que a Lime conta com mais de três milhões de utilizadores em todo o mundo, tendo sido não só a primeira empresa do género a operar em Portugal e também a primeira operadora a entrar em Coimbra. No entanto, pode, por enquanto, não existir trotinetes da marca na cidade, mas ainda há uma solução para os adeptos da micromobilidade: as trotinetes da CIRC.

- Publicidade -

Sigam-nos

10,558FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
610SeguidoresSeguir

Relacionados

Trotinetes da Bird voltam a funcionar em Lisboa

E ainda este mês, as trotinetes da marca ficarão disponíveis no Porto.

Trotinetes partilhadas já chegaram ao Porto

Existem 210 pontos de partilha criados em toda a cidade para parquear um total de 2.100 velocípedes ou equiparados.

Trotinetes da Bird devem voltar a funcionar nos próximos dias

Descobrimos estes veículos no Saldanha, o que quer dizer que o serviço está perto de regressar ao ativo.
- Publicidade -

Mais Recentes

ZenZoe. Chegou a Portugal o robô que desinfeta áreas e objetos propícios à transmissão de COVID-19

O ZenZoe foi desenvolvido pela ASTI Mobile Robotics, empresa de tecnologia e robótica sediada em Espanha,...

Crítica – The King Of Staten Island

The King Of Staten Island emprega uma fórmula muito conhecida (e demasiado utilizada) que se estende em demasia, mas Judd Apatow equilibra-a com um sentido de humor negro com a ajuda dos seus co-argumentistas.

Análise – Mr. Driller DrillLand

Uma remasterização do clássico de 2002 que pouco adiciona ao original no que toca a conteúdos.