Lighthouse é o robô desenvolvido parcialmente em Portugal que combate a COVID-19

Como seria de esperar, o robô recorre a luz ultravioleta gama C (UV-C) para desinfetar os espaços por onde passa.

Ainda ontem falámos aqui no ZenZoe, robô desenvolvido pela ASTI Mobile Robotics, empresa de tecnologia e robótica sediada em Espanha, e pela BOOS Technical Lighting, que, através de uma luz ultravioleta, consegue desinfetar espaços públicos. Mas a verdade é que também existem outros equipamentos desenvolvidos em parte no nosso país.

Um deles é o Lighthouse (Farol, em inglês), lançado por cá através da In Tech – Integrated Technology. Tal como o ZenZoe, este robô recorre a luz ultravioleta gama C (UV-C) para desinfetar os espaços por onde passa.

Fabricado no Luxemburgo, o Lighthouse foi desenvolvido não só naquele país, mas também em Coimbra, pelo que promete ter um papel verdadeiramente relevante na inativação da COVID-19. Pesa 75kg, tem 2030mm de altura e uma área de ocupação, em planta, de 820x700mm2.

Lançado em maio, o Lighthouse, ao emitir luz a 360º, consegue desinfetar os espaços por onde passa, ajudando não só a aumentar a velocidade e a precisão da desinfeção melhorando as condições de higiene dos espaços, bem como as condições de trabalho das equipas de desinfeção.

É uma solução muito versátil que pode ser usada tanto no interior como no exterior em ambientes apertados e estreitos e também em pisos irregulares graças ao sistema de movimentação por lagartas. Aquelas lagartas permitem também, por exemplo, entrar numa ambulância subindo autonomamente através de simples pranchas inclinadas.

Fonte:In-Tech
- Publicidade -

Sigam-nos

10,709FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
623SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Empresa portuguesa desenvolve desinfetantes exclusivos contra a Covid-19

A solução surge por parte da Inokem, startup portuguesa de biotecnologia especializada em soluções químicas e biológicas, que se adaptou às exigências do mercado.

Rússia aprovou a primeira vacina contra a COVID-19

Vacina foi testada durante dois meses em humanos.

Tecnologia portuguesa inativa mais de 99% das partículas de COVID-19 no ar em apenas um minuto

A tecnologia foi criada no âmbito de um projeto liderado pelo Campus de Tecnologia e Inovação da BLC3, em Oliveira do Hospital.

CTT vendem máscara com capacidade para inativar a COVID-19

As máscaras MOxAdTech são as primeiras a superar com sucesso os testes realizados pelo Instituto de...
- Publicidade -

Mais Recentes

Como prevenir ataques DDoS: 6 dicas para manter o vosso site seguro

Ser vítima de um Ataque Distribuído de Negação de Serviço (DDoS) pode ser catastrófico.

Crítica – Lovecraft Country (Temporada 1 – Primeiros 5 episódios)

O que é que acontece quando, a um elenco de qualidade, se junta uma equipa técnica de sonho? A resposta a essa pergunta começa a desenhar-se com os primeiros episódios de Lovecraft Country.