Lighthouse é o robô desenvolvido parcialmente em Portugal que combate a COVID-19

Como seria de esperar, o robô recorre a luz ultravioleta gama C (UV-C) para desinfetar os espaços por onde passa.

- Publicidade -

Ainda ontem falámos aqui no ZenZoe, robô desenvolvido pela ASTI Mobile Robotics, empresa de tecnologia e robótica sediada em Espanha, e pela BOOS Technical Lighting, que, através de uma luz ultravioleta, consegue desinfetar espaços públicos. Mas a verdade é que também existem outros equipamentos desenvolvidos em parte no nosso país.

Um deles é o Lighthouse (Farol, em inglês), lançado por cá através da In Tech – Integrated Technology. Tal como o ZenZoe, este robô recorre a luz ultravioleta gama C (UV-C) para desinfetar os espaços por onde passa.

Fabricado no Luxemburgo, o Lighthouse foi desenvolvido não só naquele país, mas também em Coimbra, pelo que promete ter um papel verdadeiramente relevante na inativação da COVID-19. Pesa 75kg, tem 2030mm de altura e uma área de ocupação, em planta, de 820x700mm2.

Lançado em maio, o Lighthouse, ao emitir luz a 360º, consegue desinfetar os espaços por onde passa, ajudando não só a aumentar a velocidade e a precisão da desinfeção melhorando as condições de higiene dos espaços, bem como as condições de trabalho das equipas de desinfeção.

É uma solução muito versátil que pode ser usada tanto no interior como no exterior em ambientes apertados e estreitos e também em pisos irregulares graças ao sistema de movimentação por lagartas. Aquelas lagartas permitem também, por exemplo, entrar numa ambulância subindo autonomamente através de simples pranchas inclinadas.

Fonte:In-Tech
- Publicidade -

Parceiros

Relacionados

Deve-se ou não vacinar os jovens entre os 12 e os 15 anos contra a COVID-19?

Na ótica da Direção-Geral de Saúde, só é recomendável que se vacinem os jovens se eles tiverem comorbilidades associadas, que possam conduzir a uma doença grave ou à morte.

Centro Colombo faz testes gratuitos à COVID-19

O processo está a ser coordenado pelos profissionais de saúde da Farmácia Colombo, que comunica todos os resultados às autoridades competentes.

DGS recomenda realização de testes à COVID-19 em casamentos com mais de 10 pessoas

No caso de eventos de natureza cultural ou desportiva, recomenda-se a testagem sempre que o número de participantes/espectadores seja superior a 1.000, em ambiente aberto, ou superior a 500, em ambiente fechado.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Já repararam nos novos talões do Lidl? São mais ecológicos

Agora é esperar que a concorrência faça o mesmo.

Burger King abre novo restaurante em Sesimbra

É o 12º spot da marca no distrito de Setúbal e o segundo em Sesimbra.