ZenZoe. Chegou a Portugal o robô que desinfeta áreas e objetos propícios à transmissão de COVID-19

O ZenZoe foi desenvolvido pela ASTI Mobile Robotics, empresa de tecnologia e robótica sediada em Espanha, e pela BOOS Technical Lighting, e promete ser um aliado valioso no combate à COVID-19.

ZenZoe
- Publicidade -

Enquanto não surge uma vacina que nos previna de apanhar COVID-19, a tecnologia vai evoluindo para que possamos combater esta doença ao máximo. Assim, é tempo de falarmos do ZenZoe, robô que, através de uma luz ultravioleta, consegue desinfetar espaços públicos.

Tendo já sido utilizado em no estádio do Villarreal, no Hospital Universitário de Burgos e no aeroporto de Barajas, em Madrid, bem como em escola, clínicas, centros comerciais e outros espaços, o ZenZoe precisa apenas de oito minutos para desinfetar, tanto a nível vertical como horizontal, uma área de 25 metros quadrados. Pode-se dizer que é um tempo de limpeza recorde.

A ASTI Mobile Robotics, empresa de tecnologia e robótica sediada em Espanha, e a BOOS Technical Lighting, responsáveis pelo desenvolvimento do ZenZoe, alegam que o robô desinfeta salas com uma eficácia de 99,9%. Para comprovar, a mesma luz ultravioleta utilizada pelo ZenZoe foi testada pelos investigadores do Laboratório Nacional de Doenças Infecciosas Emergentes (NEIDL) da Universidade de Boston que, ao exporem materiais infetados com o SARS-CoV-2 (vírus que provoca a Covid-19), concluíram que, com a dose e aplicação indicadas, tal reduz o vírus em 99,99%.

Em Portugal, o robô será distribuído em Portugal pela Aura Light, líder no mercado de iluminação interior e exterior, pelo que será questão de tempo até vermos o ZenZoe em diversos espaços públicos.

- Publicidade -

Parceiros

Relacionados

Deve-se ou não vacinar os jovens entre os 12 e os 15 anos contra a COVID-19?

Na ótica da Direção-Geral de Saúde, só é recomendável que se vacinem os jovens se eles tiverem comorbilidades associadas, que possam conduzir a uma doença grave ou à morte.

Centro Colombo faz testes gratuitos à COVID-19

O processo está a ser coordenado pelos profissionais de saúde da Farmácia Colombo, que comunica todos os resultados às autoridades competentes.

DGS recomenda realização de testes à COVID-19 em casamentos com mais de 10 pessoas

No caso de eventos de natureza cultural ou desportiva, recomenda-se a testagem sempre que o número de participantes/espectadores seja superior a 1.000, em ambiente aberto, ou superior a 500, em ambiente fechado.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Há uma nova t-shirt no mercado que atenua os efeitos da menopausa

A ideia é de Filipa Fernandes, ex-aluna da UMinho.

Saibam como criar uma rede doméstica robusta e segura

Damo-vos os melhores conselhos para que consigam criar uma rede doméstica fiável, segura e com um desempenho sem precedentes.