Se fosse vivo, José Carranca Redondo, o “pai” do Licor Beirão, faria 101 anos de existência no passado dia 29 de abril. Tudo isto para dizer que, em jeito de homenagem ao patriarca, a marca apresentou ao mundo o seu novo licor. É o primeiro novo produto da marca em 70 anos.

O Beirão d’Honra surge após 150 testes realizados durante 16 meses para afinar a fórmula final. Os testes foram levados a cabo pela família de José Carranca Redondo, que ainda hoje gere o negócio.

O novo “irmão” do tão conhecido Licor Beirão é diferente logo na apresentação do próprio produto. A garrafa, por exemplo, é igual à do licor original, mas em vidro transparente, e vem embalada numa caixa comemorativa do centenário do fundador da marca. O sabor, esse, é familiar para quem estiver habituado ao licor original.

No entanto, a nova receita – utiliza as mesmas especiarias e plantas aromáticas da receita antiga – introduz uma alteração: ao invés de levar álcool agrícola durante a maceração dos ingredientes, leva aguardente vínica envelhecida em casco de carvalho, o que lhe confere uma cor muito característica e um aroma e complexidade diferentes do original. De resto, sabe-se que entre os 13 ingredientes da fórmula, estão o hibisco, anis estrelado, camomila, canela, cravinho e alfazema. Tudo o que diz respeito à composição e proporção de ingredientes é desconhecido do grande público.

Mas este é um produto que não fica em definitivo no mercado, pelo menos para já. Dependendo do sucesso desta primeira edição, limitada a 25 mil unidades, o Beirão d’Honra poderá, eventualmente, fazer sucesso lado-a-lado com o Licor Beirão que, hoje em dia, tem uma produção anual que varia entre as 3,3 milhões e 3,5 milhões de garrafas, traduzindo-se em 14 milhões de euros em vendas.

O Beirão d’Honra estará à venda no Continente e noutros pontos de venda mais exclusivos, mas podes desde já adquirir a tua garrafa na loja online do Licor Beirão por 20€.