LG anuncia webOS 6.0 para as smart TVs lançadas em 2021

Há um novo menu inicial, um novo comando e funcionalidades que prometem tornar a experiência mais intuitiva.

webOS 6.0
- Publicidade -

Estão a pensar comprar uma smart TV da LG, modelo de 2021, algures durante os próximos meses? Pois bem, esses televisores vão contar com o webOS 6.0, nova versão do sistema operativo da marca que faz com que tudo funcione de forma fluida para os utilizadores.

Os utilizadores familiarizados com o webOS vão notar imediatamente um ecrã inicial atualizado e esteticamente otimizado, tendo sido redesenhado para uma melhor utilização e para responder às necessidades de mudança de hábitos de consumo de conteúdo por parte dos utilizadores.

O novo ecrã inicial fornece um acesso mais rápido às apps mais utilizadas e agiliza a descoberta de conteúdo com recomendações baseadas nas preferências do utilizador e no histórico de visualização. Exibido no ecrã inteiro, de forma a revelar o conteúdo preferido e as informações relacionadas num só espaço e de uma só vez, o novo menu Home atua como um hub central contendo as configurações e o ecossistema superior do webOS.

Além disso, há também um novo comando Magic Remote, apresentando um esquema de botões e comandos mais simples, combinando o reconhecimento de voz com ofertas multi-IA da LG, como o LG ThinQ, a Amazon Alexa ou o Google Assistant. O novo Magic Remote oferece recursos mais user-friendly, incluindo ligações mais rápidas entre a TV e outros dispositivos e teclas de atalho para aceder a plataformas de conteúdos populares, como Netflix, Amazon Prime Video e Disney+.

Já a Magic Tap, a função NFC one-touch do Magic Remote, dá acesso instantâneo a uma série de possibilidades de visualização. Com um simples toque num smartphone que permita NFC, os utilizadores podem partilhar conteúdo dos seus telefones com a TV e vice-versa, podendo assim visualizar o conteúdo armazenado nos seus telemóveis nas suas TVs LG em simultâneo com a utilização das apps e recursos favoritos do smartphone.

Há também que referir o novo recurso Next Picks, que analisa as preferências dos espectadores para recomendar mais conteúdo adequado aos seus gostos. Utilizando dados do histórico de visualização, o Next Picks sugere dois programas ao vivo da grelha de programação ou de outras ofertas, assim como um programa VOD ou uma app que os utilizadores possam apreciar, economizando tempo e poupando o aborrecimento que pode ser encontrar algo para ver a seguir.

O webOS 6.0 estará disponível para smart TVs OLED, QNED, Mini LED, Nanocell e UHD. Fica por esclarecer se este SO poderá chegar a modelos de 2019 ou 2020 através de uma atualização.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,784FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
656SeguidoresSeguir

Relacionados

LG vai desistir do mercado de smartphones já este ano?

Um memorando interno a circular entre os funcionários pode indicar uma mudança de direção na estratégia da tecnológica.

O Google Stadia vai chegar às televisões da LG ainda em 2021

A plataforma webOS terá suporte nativo para videojogos.

Primeira TV OLED 8K da LG já chegou a Portugal

É o modelo 88Z9PLA Smart TV AI e tem especificações impressionantes. Com 88" (um ecrã ultragrande, portanto), esta TV OLED 8K da LG já chegou a Portugal e pode oferecer imagens com quatro vezes mais detalhes do que as TVs 4K e 16 vezes mais do que uma HDTV.

Smart TVs LG de 2019 já têm acesso ao Apple TV+

Agora, em mais de 80 países, incluindo Portugal, as smart TVs LG de 2019 (OLED e NanoCell) passaram a ter acesso à app Apple TV, o que faz com que os donos das tvs da marca lançadas no ano passado possam ver as produções da Apple no Apple TV+.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Zimbra. Esta ferramenta facilita a gestão das contas de email

É uma solução que surge por parte da Ikoula.

Experimentámos a aplicação REV, dos The Gift

Com o lançamento da nova aplicação REV, os The Gift abriram as portas a todos.

Governo japonês quer mesmo realizar os Jogos Olímpicos de Tóquio este ano

Esta semana, o The Times noticiou que a competição não iria acontecer.