Lenovo regista aumento de 11% nas receitas

por Echo Boomer

A Lenovo anunciou na semana passada os resultados referentes ao quarto trimestre de 2017/2018 e ao ano fiscal que terminou no passado dia 31 de março.

No que diz respeito ao quarto trimestre, a tecnológica registou receitas na ordem dos 10.06 mil milhões de euros, o que representa um crescimento de 11%. Foi a primeira vez que a empresa cresceu dois dígitos em 10 trimestres.

No que toca a rendimentos antes dos impostos, o valor situa-se nos 37 milhões de dólares, uma subida de 143% em relação ao mesmo período do ano anterior, em que foram registados 15 milhões de dólares.

Em relação ao ano fiscal, a receita total da empresa foi superior a 45.3 mil milhões, um aumento de 5% em relação ao ano anterior. Foi também registado um prejuízo líquido de 189 milhões devido a amortizações não monetárias.

Já a área de negócio de PC´s e Smart Devices (PCSD) cresceu 16% para 7.7 mil milhões de dólares no quarto trimestre, um aumento de 16% em relação ao mesmo período do ano anterior e o maior crescimento em quatro anos. Neste ano fiscal, esta área registou 32.4 mil milhões de dólares.

A área da mobile (MBG) registou receitas de 1,3 mil milhões de dólares no quarto trimestre e receitas de 7,2 mil milhões de dólares para o ano inteiro.

A estratégia da Lenovo continua a permitir criar uma posição de liderança sustentável nas áreas de PCs e Tablets, construir as bases para desenvolver um negócio de Data Center saudável e reformular o negócio de Mobile, direcionado para o sucesso e para o futuro, e ainda lançar vários dispositivos inteligentes que vão além do principal conjunto de produtos da marca.


 

Também pode interessar

Deixar uma resposta

O Echo Boomer utiliza cookies para dar a melhor experiência possível aos nossos leitores. Aceitar Ler mais

%d bloggers like this: