Lagoa dos Salgados será classificada como área protegida de âmbito nacional

- Publicidade -

Há 21 anos que, em Portugal, não era classificada nenhuma área protegida de interesse nacional.

A classificação da Lagoa dos Salgados, em Silves, é há muito reivindicada por várias organizações ambientais, sendo uma vasta área conhecida por Praia Grande, onde se inclui uma zona húmida designada Sapal/Foz da Ribeira de Alcantarilha que, por sua vez, apresenta um grande interesse científico ao nível geológico e biológico pela quantidade e variedade de espécies de aves e pela sua riqueza em flora, o qual é fruto de um mosaico de habitats.

Esta semana, aquando da proposta para a criação da Reserva Natural da Lagoa dos Salgados, o Ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, afirmou que classificar a Lagos dos Salgados como uma área protegida de âmbito nacional “é um passo muito relevante na preservação da natureza, num país onde há muito a fazer em termos ambientais”.

“É um passo muito importante, porque há 21 anos que, em Portugal, não era classificada nenhuma área protegida de interesse nacional, um reconhecimento da relevância que a preservação deste território tem como contributo para o desenvolvimento do Algarve”, disse o ministro.

João Pedro Matos Fernandes afirmou ainda a Lagoa dos Salgados “é uma zona com inúmeros valores ambientais diferenciados nos seus 400 hectares, com muita biodiversidade e com a necessidade de restauro de parcelas de alguns ecossistemas”.

Esta classificação pode por em causa as três unidades hoteleiras, os seis aldeamentos turísticos e o campo de golfe de 18 buracos na Praia Grande. Em todo o caso, nada será construído dentro da área que vai ser reserva.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes