fbpx

Há uma nova carteira móvel para guardar criptomoedas. E é portuguesa

Chama-se Keyruptive e é uma solução criada pela mais recente spin-off do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC), que tem o mesmo nome da tecnologia desenvolvida. Esta carteira móvel para criptomoedas permite acesso e gestão de fundos de forma intuitiva, ao mesmo tempo que mantém um nível de segurança comparável ao de dispositivos de hardware.

Esta tecnologia oferece a capacidade de dar aos utilizadores total controlo sobre os seus fundos e informação e, ao mesmo tempo, capacidade de utilizar serviços que permitem a sua gestão de uma forma fácil e útil.

A Keyruptive permite o armazenamento descentralizado e seguro de informação, oferecendo assim níveis de segurança muito elevados e, ao mesmo tempo, permitindo acesso a qualquer hora e lugar à informação através de uma app móvel.

A apresentação da Keyruptive irá acontecer esta quinta-feira, dia 23 de maio, no âmbito do 6º programa de aceleração da Startup Braga. Um dos propósitos da participação da Keyruptive neste evento é levantar cerca de 400 mil euros para continuar a desenvolver a solução tecnológica.

Em todo o caso, já se podem tornar membros exclusivos. Basta seguirem os passos aqui.

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,778FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
628SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Há um novo site que nos ensina praticamente tudo sobre criptomoedas

Foi um projeto que se iniciou no ano passado e, desde então, têm sido muitos os utilizadores que acompanham o Criptoinvest na esperança de saber as últimas novidades da blockchain.

PAGAQUI passa a vender vouchers Bitnovo que se podem depois trocar por criptomoedas

O objetivo? Facilitar o acesso à compra de bitcoins e outras criptomoedas existentes no mercado. Assim,...

Sabes como são roubadas as bitcoins?

As criptomoedas converteram-se num novo banco de pesca... Todo o cuidado é pouco!

ESET alerta para esquemas relacionados com criptomoedas em Android

O recente aumento do preço e popularidade das criptomoedas não atraiu só potenciais utilizadores; inspirou também cibercriminosos a encontrar novas e criativas maneiras de roubar as moedas virtuais.
- Publicidade -

Mais Recentes