Jovem português criou uma guitarra elétrica de cortiça

por Echo Boomer

Pesa menos um terço do que o normal – 2,9 quilos em comparação com os convencionais 4,5 quilos -, e já foi testada por músicos profissionais. Falamos de uma guitarra de cortiça expandida, neste caso a primeira do mundo. Foi feita por um português.

O criador é João Rodrigues, aluno do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) que utilizou este projeto pioneiro como tese de mestrado.

“Quando iniciei o projeto fiz uma pesquisa exaustiva e não encontrei, no mundo, nenhuma guitarra elétrica feita em cortiça expandida. Em Portugal há uma, mas em cortiça natural”, referiu João Rodrigues à agência Lusa.

Esta guitarra demorou dois anos a ser concebida, em que o primeiro ano foi dedicado à investigação académica e o outro no fabrico do produto. Dez empresas do norte do país e da Galiza estiveram envolvidas.



Sendo que 75% do seu corpo é em cortiça expandida – feita a partir da reutilização da cortiça natural, como por exemplo as rolhas das garrafas -, tal faz com que a guitarra seja bem mais leve que o normal. E cheira mesmo àquele material.

Devido ao material utilizado, o próprio som que sai da guitarra é “único”. Músicos como Miguel Araújo, Tatanka e João Só já experimentaram esta criação portuguesa. Mas ainda necessita de ser aprimorada para ser utilizada de forma mais séria.

Por enquanto, a guitarra da Mai´land Guitars – marca criada por João Rodrigues e um colega, que já tem encomendas – vai ser apresentada dia 12 de abril, num concerto no centro cultural de Viana do Castelo, incluído no programa do oitavo Encontro Nacional de Estudantes de Design (ENED).

Também pode interessar

Deixar uma resposta

O Echo Boomer utiliza cookies para dar a melhor experiência possível aos nossos leitores. Aceitar Ler mais

%d bloggers like this: