fbpx

“Isn’t It Romantic” Uma fraca paródia de comédias românticas

Isn’t It Romantic (em português Não É Tão Romântico) conta uma história parva mas amorosinha que esmiúça clichés, pirosices e números musicais estapafúrdios.

Este filme disponível na Netflix reúne todo o tipo de personagens alguma vez vista numa comédia romântica. Apenas faltou a avó fofa que acaba a dançar com o neto – o protagonista – enquanto a cara-metade deste olha para os dois e pensa que encontrou o homem certo. Um homem que, para além de forte e viril, é também sensível e adorável.

Mas antes de avançarmos, vamos primeiro confirmar a presença de todas as personagens expectáveis numa história deste calibre, a começar pela boazona, cujo único propósito é ser sexualmente atraente em todas as cenas. Neste caso, Priyanka Chopra é a atriz que dá vida a esta figura incontornável das grandes epopeias do amor enquanto Liam Hemsworth incorpora a sua versão masculina: o gajo multimilionário com um six pack impecável que, infelizmente, não consegue fazer o pai orgulhoso.

Contudo, o filme não se fica por aqui e inclui também o amigo gay (Brandon Scott Jones) que é simplesmente fabuloso, bem como a amiga falhada da protagonista (Betty Gilpin), cujo único desígnio é ser ainda mais falhada do que a anterior.

E, se neste momento se estão a indagar sobre a presença do bom amigo com uma personalidade irrealisticamente afável que tem uma paixoneta pela protagonista, não se preocupem: este também consta na história e é interpretado por Adam Devine. Quanto à figura principal feminina, para infortúnio do público, esta não é incarnada por uma mulher convencionalmente bonita que usa óculos e não penteia o cabelo há duas semanas.

Para infelicidade do espetador, a protagonista escolhida até faz algum sentido para o papel de “rapariga independente que não se encaixa no mundo porque não corresponde aos padrões de beleza habituais”. Rebel Wilson é a atriz que a personifica e ainda que não tenha sido extraordinária no seu trabalho, não foi má na sua interpretação.

Posto isto, a grande questão é: Isn’t It Romantic conta uma história mais interessante do que a generalidade das comédias românticas com as quais brinca? A resposta é não. Tentou, mas acabou por se render às previsibilidades das comédias românticas que passou mais de uma hora a criticar.

Ainda que tenha sido eficiente na criação de momentos cómicos e de observações assertivas, a mensagem do filme é contraditória. Por um lado, fez um uso pouco construtivo da narrativa que se tem vindo a contar sobre amor-próprio, e, por outro lado, deixou-se render ao fim típico duma comédia romântica. Ou seja, Isn’t It Romantic é um filmezito hipócrita com algum humor pertinente que pode ser desfrutado enquanto snack de entretenimento e pouco mais do que isso.

Isn’t It Romantic está disponível na Netflix.

Nota: 

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,778FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
629SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Crítica – Enola Holmes

Enola Holmes oferece uma agradável e refrescante visão de uma franchise que pode ter ganho um novo futuro.

Crítica – The Devil All The Time

The Devil All The Time pode não ser indicado para aqueles que têm uma visão muito pessoal sobre a religião. Já para outros será um filme que tardará a desaparecer da memória.

Candyman adiado para 2021

E não é preciso adivinhar porquê.

Vem aí um filme sobre a vida de Madonna

E o guião está a ser desenvolvido pela própria.
- Publicidade -

Mais Recentes

Crítica – Enola Holmes

Enola Holmes oferece uma agradável e refrescante visão de uma franchise que pode ter ganho um novo futuro.

Análise – Xiaomi Mi TV Stick

A pen que transforma uma TV antiga numa SmartTV.