Como foi feita a sequência de introdução de Stranger Things?

Estreou hoje na Netflix a muito aguardada sequela da série sensação Stranger Things.

Um dos elementos mais icónicos desta série, para além do fantástico jovem elenco, é a sua belíssima introdução, remetendo para a época em que se passa a série, os anos 80, e toda a esfera pop e cultural da altura.

Agora, aproveitando o lançamento de Stranger Things 2, o site Vox.com montou um pequeno vídeo onde mostra o processo de produção da sequência inicial e que nos permite perceber porque é que parece tão inovador e familiar ao mesmo tempo.

A introdução de Stranger Things foi produzida pela Imaginary Forces, empresa que conta com um portefólio com outras sequências também reconhecidas e que, para a série da Netflix, utilizou como principais referências todas aquelas tipografias das capas de livros de aventura e terror dos anos 80 e 90. A partir daí foi “só” montar a sequência com processos de filmagem analógicos antigos em conjunto com processos digitais e contemporâneos.

Certamente que, se saltavam a introdução na primeira temporada, agora não vão conseguir deixar de a ver nos próximos 9 episódios.

Segue-nos nas redes sociais no FacebookTwitter e Instagram.

- Publicidade -

Sigam-nos

10,716FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
623SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Crítica – The Old Guard

The Old Guard continua a tendência da Netflix em criar filmes de ação originais com sequências entusiasmantes e frenéticas.
- Publicidade -

Mais Recentes