Instagram já nos deixa comprar gift cards para ajudar as empresas portuguesas

É, portanto, uma solução de apoio às PME lusas.

gift card
- Publicidade -

Hoje em dia, muitas são as empresas que recorrem ao Instagram para promover os seus produtos. Aliás, é algo que se tornou mesmo banal, uma vez que é tão simples criar uma conta e publicar posts, como promover esses mesmos conteúdos.

Porém, há pequenas e médias empresas a passar diversas dificuldades graças aos desafios impostos pela crise da COVID-19. E foi a pensar nas PME lusas que o Instagram resolveu ajudar.

Como? Com a disponibilização do Gift Card, que não é mais que uma forma facilitadora de as companhias receberem ajuda dos clientes mais fiéis.

Essencialmente, as empresas podem agora adicionar ao perfil um botão de apelo à ação – o chamado Action Button – ou, ainda, publicar um sticker Gift Card nas stories. Depois, quando o utilizador carrega no botão de apelo à ação ou no sticker, é então encaminhado para o site dessa pequena e média empresa, podendo adquirir o que quiser.

E há outra novidade. A Angariação de fundos, que já existia no Facebook, chegou ao Instagram na semana passada, permitindo que uma PME portuguesa possa solicitar aos clientes que ajudem o seu negócio neste período especialmente crítico.

Fonte:Instagram
- Publicidade -

Sigam-nos

12,931FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
656SeguidoresSeguir

Relacionados

Xiaomi Mi 11 não vai trazer carregador

Está para começar uma nova era no mundo dos smartphones.

Tecnologia da E-goi permitiu a PME recuperar milhares de euros em pagamentos perdidos

Em apenas três meses, a loja online faturou mais de 50.000€. E já aponta aos sete dígitos.

Subway vai oferecer um ano de comida grátis a três felizardos

Esta oferta está limitada a duas refeições gratuitas por mês, ao longo de um ano.

SwatchPAY! já funciona em Portugal

Para já, a parceria de pagamento contactless através da nova linha de relógios é exclusiva da Caixa Geral de Depósitos até 15 de janeiro.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Afinal, os pagamentos à EMEL estarão suspensos enquanto existir confinamento

Quer isto dizer que a suspensão atualmente em vigor não terminará, como previsto, no final de fevereiro.