IKEA sobe salário de entrada nas lojas em Portugal para os 1000€

- Publicidade -

Um aumento de 250€.

Depois de, no passado mês de novembro, ter referido que ia pagar um bónus equivalente a um salário e meio (ou seja, um bónus de 150%) a todos os colaboradores este mês de dezembro, que resulta de uma distribuição dos resultados obtidos no ano fiscal de 2022, a IKEA Portugal anuncia agora uma novidade muito importante: a subida do salário de entrada para todos os colaboradores a tempo inteiro na secção de retalho.

A partir de janeiro de 2023, o salário mínimo de entrada nas lojas IKEA em Portugal passa a ser de 1.000€ brutos mensais, uma subida de 250€ face aos 750€ atualmente praticados.

Esta atualização salarial aplica-se aos colaboradores do Grupo Ingka, que detém a IKEA Portugal e que opera o setor do retalho (Lojas IKEA, Centro de Apoio ao Cliente e Centros Comerciais Mar Shopping) e é superior ao Salário Mínimo Nacional (SMN), estipulado por lei em 760€ para 2023.

Ao novo salário base de entrada acresce o subsídio de alimentação, que também foi atualizado recentemente para 6€, seguro de saúde, ajuda à parentalidade, o pagamento de bónus se os objetivos do negócio forem atingidos, entre outros benefícios.

O aumento do custo de vida, juntamente com o contexto cada vez mais competitivo por talento no setor do retalho, levam o retalhista a acelerar o investimento previsto em atualizações salariais, em 5,9 milhões de euros, de acordo com a ambição e compromisso de construir um local de trabalho ainda melhor, todos os dias.

Outros benefícios dos colaboradores de retalho da IKEA em Portugal

Além do valor do subsídio de alimentação ter sido atualizado em outubro para os 6€, a IKEA tem outras medidas para ajudar os colaboradores, tais como:

  • Medidas de apoio à natalidade como a “Ajuda de Nascimento”, para todos os colaboradores que se tornam pais biológicos ou por adoção, no valor de 760€ brutos, e o programa “Passa mais tempo com o teu bebé”, que dá a possibilidade de estender a licença parental (biológica ou por adoção) por mais dois meses, para além do período regular estabelecido pela Segurança Social, aumenta também o seu apoio mensal para 760€ brutos mensais;
  • Sistema de bónus anual para todos os colaboradores, e “TACK!” – uma contribuição adicional para as reformas dos colaboradores elegíveis – ambos associados aos resultados de negócio;
  • Benefícios sociais como seguro de saúde e de vida para colaboradores permanentes; restaurante de colaboradores com preços reduzidos; serviço médico nas lojas; programa de emergência social interno; e, ainda, desconto especial na compra de artigos IKEA, entre outros.

Para a maioria dos portugueses, a IKEA é uma marca familiar e que faz parte das suas casas e do seu dia a dia, mas talvez desconheçam o que é trabalhar no retalho IKEA e fazer parte de uma equipa e cultura únicas. Neste sentido, a marca reforça, junto dos colaboradores e potenciais candidatos, a sua posição enquanto empregadora de referência e demonstra mais uma vez que está ao lado das pessoas com todos os benefícios disponíveis para quem faz parte desta equipa. A empresa está comprometida em criar um local de trabalho onde os seus colaboradores se sintam em casa.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes