Iberdola coloca em funcionamento, no distrito de Setúbal, a sua primeira central fotovoltaica em Portugal

- Publicidade -

A Algeruz II produzirá energia limpa suficiente para abastecer mais de 11.000 casas e evitar a emissão de 13.400 toneladas de CO2 por ano.

A Iberdrola continua a avançar com a sua estratégia de investimento na Península Ibérica, com a entrada em funcionamento da central fotovoltaica Algeruz II, a primeira instalação deste tipo do grupo em Portugal.

A central tem mais de 50.500 módulos fotovoltaicos fixos e monofásicos, que irão gerar energia limpa suficiente para abastecer mais de 11.000 casas e evitar a emissão de 13.400 toneladas de CO2 para a atmosfera por ano.

O projeto, que envolveu um investimento de 17,8 milhões de euros, gerou mais de 200 postos de trabalho durante os períodos de pico de construção, todos eles preenchidos por colaboradores locais.

A Iberdrola foi a maior adjudicatária, em número de lotes, no leilão de 2019 em Portugal, com um total de sete projetos fotovoltaicos (7 lotes), três dos quais em construção e com previsão de início de operação comercial durante este ano. Trata-se das centrais fotovoltaicas Conde (13,51 MW), Alcochete I (32,89 MW) e Alcochete II (12,72 MW), também localizadas no distrito de Setúbal. Os projetos Alcochete I e II terão tecnologia bifacial, que maximiza a produção de energia e reduz o custo médio da eletricidade em 16%.

Além disso, os projetos Montechoro I (11,57 MW), Montechoro II (24,95 MW) e Carregado (64,1 MW), adjudicados no mesmo leilão, estão em processo de obtenção da licença de construção e estão previstos para 2023, altura em que a capacidade fotovoltaica da Iberdrola em Portugal totalizará 187 MW.

- Publicidade -
- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Primeira central fotovoltaica em Palmela começou a ser construída

Com uma área cerca de 20 hectares, produzirá mais de 20 GWh/ano de energia fotovoltaica, equivalendo ao abastecimento médio de 5.000 habitações por ano.

Iberdrola vai instalar 336 postos de carregamento em Lisboa

Mais especificamente em parques de estacionamento da EMEL.

Arranca em Évora a primeira central fotovoltaica que vai abastecer 10 mil lares

As obras estarão concluídas antes do final do ano, estando a entrada em exploração prevista para o início de 2019.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Vila Galé em Tomar deverá estar pronto até novembro de 2023

E será uma unidade hoteleira de cinco estrelas.

Arcade Fire no Campo Pequeno – A música vence sempre?

A banda canadiana recordou-nos que é obreira de alguma da melhor música das últimas duas décadas. O resto? Pois, o resto logo se verá.