Huawei Mate 10 e Mate 10 Pro são oficiais

Depois de ter apresentado na IFA, em Berlim, o seu primeiro processador com inteligência artificial, o Kirin 970, a Huawei conduziu hoje um evento em Munique onde apresentou os novos dispositivos da série Mate: Mate 10 e Mate 10 Pro, sendo esta a única versão a chegar a Portugal.

- Publicidade -

Foquemo-nos então no Mate 10 Pro. Alimentado pelo processador Kirin 970, plataforma de computação móvel com Inteligência Artificial e um NPU (Neural Processing Unit), o Mate 10 Pro consegue 25x mais desempenho e 50x maior eficiência em tarefas relacionadas à IA. Na prática, o terminal vai adaptar-se às diversas situações do dia-a-dia, percebendo quando e como deve otimizar a performance.

O seu corpo de vidro 3D é bem elegante e é simetricamente curvado em cada extremidade para que seja fácil de usar, apresentando uma excelente ergonomia para quem o quiser utilizar com apenas uma mão, apesar do seu tamanho. Tanto a parte frontal como a traseira contam com revestimento em vidro, o que lhe conferem um estilo único.

No ecrã, temos uma tela FullView Display OLED de 6 polegadas e resolução FHD+ com rácio de 18:9 e uma fina moldura. Este ecrã suporta a tecnologia HDR10, o que garante a exibição de cores mais vivas e intensas.

Já na parte traseira temos não só o sensor de impressões digitais, como uma barra reflexiva onde se destaca a nova e melhorada câmara dupla Leica. Portanto, temos um sensor RGB de 12MP e um sensor monocromático de 20MP que conta com estabilização ótica de imagem, abertura dual f/1.6, efeito Bokeh alimentado por IA e ainda zoom digital otimizado pela IA. Graças ao novo reconhecimento de objetos e cenários em tempo real, as configurações da câmara serão automaticamente otimizadas com base no objeto e no ambiente, traduzindo-se em imagens mais claras e nítidas. Na frente está ainda a câmara frontal de 8MP com abertura de f/2.0.

Para que tudo funcione sem problemas, o Huawei Mate 10 Pro vem equipado com uma bateria de 4000mAh com suporte à tecnologia Huawei SuperCharge e que conta com um sistema de gestão inteligente de bateria para otimizar a duração da mesma. A marca alega que um carregamento de 20 minutos pode servir para um dia inteiro de duração. Claro, tudo dependerá do uso dado pelo consumidor.

Quem adquirir o Mate 10 Pro terá um equipamento com o novo EMUI 8.0 da Huawei, tendo como base o Android Oreo 8.0. Neste caso, o Mate 10 Pro permite descolar o botão virtual home para onde quisermos no ecrã inicial, tem a capacidade de dividir o ecrã em dois para correr duas apps lado a lado e permite uma visualização das próprias aplicações em diferentes colunas. Além disso, é possível ligar o Mate 10 Pro a um monitor, e, desta forma, expandir o ecrã, havendo diversas possibilidades para esta funcionalidade.

O Huawei Mate 10 Pro contém ainda 6GB de RAM, 128GB de armazenamento interno e certificação IP67 para resistência à água e ao pó. Estará disponível em duas cores, Titanium Gray e Mocha Brown, a partir de 23 de novembro por 879,90€.

Segue-nos nas redes sociais no Facebook, Twitter e Instagram.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Há mais bilhetes à venda para o concerto de Tash Sultana em Portugal

O que significa que não haverá restrições na lotação.

Huawei quer voltar a ser líder no segmento dos smartphones em Portugal

Mas sem os Google Mobile Services vai ser complicado.

Seleções nacionais aparentemente excluídas de FIFA 22

Sim, falamos tanto da equipa masculina como feminina. Será um erro?

Afinal, a HBO Max só chega a Portugal em 2022

A chegada da plataforma estava prometida para este ano... Só que não.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Festival Authentica reconfirma De La Soul e Nothing But Thieves para 2022

O Authentica receberá cerca de 30 artistas internacionais e nacionais.

Centro Expositivo do Promontório de Sagres deve abrir no início de 2022

A empreitada, que ascende a cerca de 1,5 milhões de euros, está na fase da construção da cenografia.

Uber Pet. Novo serviço permite que os utilizadores viajem na companhia dos seus animais de estimação

Numa primeira fase, esta novidade está somente disponível em Lisboa, Porto e na região do Algarve.