fbpx

Homecoming: A Film by Beyoncé já estreou na Netflix

Por acaso já tínhamos falado aqui no Echo Boomer sobre o facto da Netflix ir receber um documentário concerto muito especial relacionado com Beyoncé. Pois bem, Homecoming: A Film by Beyoncé já está disponível naquela plataforma de streaming.

Homecoming: A Film by Beyoncé, realizado e produzido por Beyoncé Knowles-Carter, é, essencialmente, uma visão intimista do magnífico concerto que deu no festival Coachella em 2018 (que muitos chamam Beychella) e que, de alguma forma, homenageou as faculdades e universidades historicamente negras da América. Aliás, Beyoncé foi a primeira mulher negra a ser cabeça de cartaz no Coachella.

Além do concerto, Homecoming intercala o espetáculo com imagens e entrevistas que visavam saber qual a visão da artista e respetivo processo e sacrifícios físicos e emocionais realizados para idealizar e executar uma performance daquela magnitude que se tornou num movimento cultural.



Este documentário concerto foi gravado durante oito meses e acompanha Beyoncé no seu regresso aos palcos após o nascimento dos gémeos. A preparação para o espetáculo em si envolveu quatro meses de ensaios com a banda, seguidos por mais quatro meses de ensaios de dança, um trabalho que envolveu mais de 150 músicos, bailarinos e outros artistas criativos – todos eles escolhidos pessoalmente pela própria.

Como um presente especial para os seus fãs, o filme também inclui, nos créditos finais, o remake de “Before I Let Go” de Frankie Beverly e Maze, um clássico de R&B de 1981. O single está disponível na banda sonora do filme, Homecoming: The Live Album, já disponível para compra.

Fiquem, em baixo, com o alinhamento do espetáculo:

“Crazy In Love”
“Freedom”
“Lift Ev’ry Voice And Sing”
“Formation”
“Sorry”/”Me, Myself and I”
“Kitty Kat”
“Bow Down”
“I Been On”
“Drunk In Love”
“Diva”
“Flawless” (Remix)
“Feeling Myself”
“Top Off”
“7/11”
“Don’t Hurt Yourself”
“I Care”
“Partition”
“Yoncé”
“Mi Gente (Remix)”
“Mine”
“Baby Boy”
“You Don’t Love Me (No, No, No)”
“Hold Up”
“Countdown”
“Check On It”
“Déjà Vu”(featuring JAY-Z)
“Run the World (Girls)”
“Lose My Breath” (featuring Kelly Rowland and Michelle Williams)
“Say My Name” (featuring Kelly Rowland and Michelle Williams)
“Soldier” (featuring Kelly Rowland and Michelle Williams)
“Get Me Bodied” (With Solange Knowles dancing)
“Single Ladies (Put a Ring on It)”
“Love On Top”

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,788FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
630SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Crítica – Enola Holmes

Enola Holmes oferece uma agradável e refrescante visão de uma franchise que pode ter ganho um novo futuro.

Crítica – The Devil All The Time

The Devil All The Time pode não ser indicado para aqueles que têm uma visão muito pessoal sobre a religião. Já para outros será um filme que tardará a desaparecer da memória.
- Publicidade -

Mais Recentes