HMB e Os Quatro e Meia no EDPCOOLJAZZ

Os HMB e Os Quatro e Meia são as mais recentes confirmação na 6ª edição do EDPCOOLJAZZ.

Começando pelos HMB, definem-se nas redes sociais como uma “banda portuguesa de soul e funk, em atividade desde 2007”. São reconhecidos por muitos como um dos grupos mais importantes da atualidade na música portuguesa.

Constituídos por Héber Marques (vocalista), Fred Martinho (guitarrista), Daniel Lima (teclista), Joel Silva (baterista) e Joel Xavier (baixista), já deram a conhecer três álbuns de originais – HMB (2012), Sente (2014) e + (2017) -, assim como o disco ao vivo Live at the National Theatre of Namibia (2016).

Os HMB atuam na mesma noite dos norte-americanos The Roots, mais precisamente a 9 de julho.



Já a banda Os Quatro e Meia trata-se de um projecto que arrancou em maio de 2013, num Sarau de Gala no TAGV, em Coimbra. São atualmente compostos por seis elementos e têm vindo a conquistar o público português com temas como “A Terra Gira”, “Baile de São Simão” e “Pra Frente é que é Lisboa”.

A banda lançou o disco de estreia, Pontos nos Is, a 30 de junho de 2017. Atuam a 25 de julho, antes de Tom Jones.

O EDPCOOLJAZZ já confirmou, além dos anteriormente confirmados, os nomes de Diana Krall, Jamie Cullum, Snarky Puppy, Jacob Collier, Jessie J e Kraftwerk. Os bilhetes para os vários dias já estão à venda.

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,156FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
653SeguidoresSeguir

Relacionados

Sonic Blast já tem datas para 2021

A 10ª edição do festival irá, também, realizar-se num novo recinto.

Música: Álbuns essenciais (outubro)

Há poucos paralelismos com o mês de setembro, na medida em que tudo estava controlado até meio do mês.

Ghostemane regressa a Portugal em novembro de 2021

Ainda este ano, antes da pandemia, Ghostemane deu espetáculos em Portugal.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Crítica – Gone Girl

Com um dos melhores argumentos e elencos da década respetiva, Gone Girl não podia ser mais chocante.

Crowdville. A plataforma que paga aos utilizadores por testarem apps e serviços online

Basicamente, estamos a ser pagos para que possamos dar a nossa opinião sobre algo.