Guimarães tem a empresa com a maior frota de autocarros elétricos do país

- Publicidade - trk
- Publicidade -

Incrível!

Até ao final deste mês de março, a Guimabus, concessionária dos transportes públicos no concelho de Guimarães, terá um total de 26 unidades movidas a energia limpa a funcionar no concelho. Tudo porque entram ao serviço mais quatro autocarros elétricos, mais especificamente “miniautocarros com capacidade para 22 lugares (11 pessoas sentadas e 11 em pé), e com uma autonomia energética para 120 quilómetros, que irão circular nas linhas urbanas da cidade de Guimarães”, segundo refere a empresa em comunicado.

Fica assim concluído um investimento global de 12,5 milhões de euros, que inclui também 16 carregadores elétricos e a implementação das infraestruturas elétricas para o seu funcionamento. “Este investimento resulta de uma candidatura apresentada ao Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos (POSEUR), da União Europeia, que aprovou um incentivo de 8 milhões de euros, cabendo à Guimabus a comparticipação de 4,5 milhões de euros”, diz a empresa.

Com a sua frota eléctrica, a Guimabus alcançará uma economia energética na ordem das 460 toneladas de petróleo por ano, o que representará uma redução do consumo de energia primária na ordem dos 79%, face a um cenário convencional a diesel. Além disso, conseguirá uma redução das em emissões de CO2 para a atmosfera, na ordem das 1.805,58 toneladas por ano.

Com esta aquisição, a Guimabus passa a ser “a empresa de transporte colectivo de passageiros com a maior frota de autocarros eléctricos do País”.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

- Publicidade -

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade - trk
- Publicidade -

Mais Recentes

Linha do Oeste vai ser finalmente modernizada

A capacitação da Linha do Oeste, até Caldas da Rainha, possibilitará a redução do tempo de viagem entre Caldas da Rainha – Lisboa e Torres Vedras – Lisboa em cerca de 30 minutos.

Stormzy fora do NOS Alive 2022. Horários já estão disponíveis

Está naquela altura de fazer escolhas.

Governo vai avançar com aeroportos no Montijo e em Alcochete. O de Lisboa é para fechar

O do Montijo, que será complementar, deverá estar pronto em 2026. Já o de Alcochete, que substituirá o de Lisboa, estima-se que entre em funcionamento em 2035.