Como Podes Passar os Melhores Momentos em Lisboa

por Echo Boomer

O turismo tem vindo a aumentar muito nos últimos anos e Lisboa continua a ser a cidade eleita por quem nos visita. Mas não são apenas os turistas estrangeiros que nos visitam, nós os portugueses também gostamos muito de explorar o nosso país repleto de encantos e recantos. Lisboa segue como aquela cidade de sonho sempre cheia de oportunidades e coisas novas para ver e fazer.

Agora que estamos no verão, a capital enche-se de eventos. Os festivais chegaram para ficar e estão na boca do povo, não só pela quantidade de grandes artistas que pisam os nossos palcos, mas pela fama que temos de tão bem saber dar uma festa e receber todos de braços abertos. Rock In Rio Lisboa, NOS Alive, EDP Cool Jazz… o leque é vasto.

Mas Lisboa não se resume aos Festivais de verão. Lisboa está carregada de história em cada pedra da calçada, em cada azulejo cravado nas fachadas dos antigos edifícios, em cada rua estreita, em cada rosto que caminha por Alfama. Do outro lado da balança, a história é equilibrada com uma boa dose de entretenimento de todo o tipo e pela nossa tão famosa e deliciosa gastronomia.

Se estás a planear visitar ou revisitar Lisboa, com certeza que já pensaste algumas vezes no que queres ver. A verdade é que mesmo que ficasses um mês inteiro em Lisboa, não serias capaz de absorver tudo o que ela tem para te dar. Mas se queres conhecer melhor a nossa capital, vamos pelo menos começar pelos pontos que consideramos serem mais importantes. Os “must visit”, digamos assim.

O que visitar?

Com as temperaturas bastante agradáveis, começa por dar um passeio pelos bonitos Jardins de Belém. Vais poder ver o longo e cristalino Tejo, a Torre de Belém e ainda relaxar na relva enquanto apanhas raios de sol. Aproveita e dá um salto ao outro lado da rua para provares o ex-libris da gastronomia portuguesa, o Pastel de Belém.

Ainda tens muitos outros lugares de onde podes usufruir de uma bela paisagem. O Miradouro de São Pedro de Alcântara oferece-te uma vista privilegiada. Vais conseguir avistar a colina do Castelo de São Jorge e as suas muralhas, o Martim Moniz, a Baixa Pombalina, a Mouraria, Alfama e a espreitar por detrás da Sé, o Rio Tejo e as grandes avenidas da cidade.

E se já estás pela região, dá um pulo ao Bairro Alto. Se procuras uma noite animada, este bairro sabe bem como te proporcionar uma boa noite de diversão pelas suas ruas estreitas e empedradas.

Se queres outro tipo de animação e estás mesmo curioso com o tão famoso Fado de Lisboa, aconselhamos-te a que te percas por um dos bairros mais antigos de cidade. Não se vive genuinamente Lisboa se não nos perdermos pelos becos do Bairro da Alfama. Vai cedo, caminha até te cansares e aproveita para jantar a ouvir o genuíno Fado de Lisboa no coração da cidade.

Na Mouraria e na Madragoa, outros dois bairros tradicionais de Lisboa, também vais poder ouvir o nosso Fado, tendo sido este último o título e tema de uma das canções da já aclamada “voz de Portugal”: Amália Rodrigues.

Não muito longe, tens a Praça do Comércio, também conhecida por Terreiro do Paço. É uma das praças mais deslumbrantes de Lisboa e é também uma das maiores praças da Europa, com cerca de 36.000 m2. Se há local que definitivamente não podes deixar de visitar é esta praça, pois a poucos passos começas também a percorrer a Rua Augusta e toda a baixa Pombalina.

A baixa de Lisboa cobre uma área de cerca de 255 hectares junto ao Rossio, a Praça da Figueira, o Cais de Sodré e o Chiado. Por entre estas ruas e praças vais encontrar museus, lojas de designers mundialmente famosos e a gastronomia portuguesa em vários cantos. É a zona da cidade onde se podem encontrar mais turistas por metro quadrado. Vais querer perder? Claro que não.

O centro de Lisboa é magnífico e tem 1001 sítios por descobrir. Mas agora que estamos no verão, imagino que estejas mesmo a pedir por uns dias de praia, não é verdade? O ideal é começares a percorrer a famosa “Linha”, que interliga os concelhos de Lisboa, Oeiras e Cascais. Consegues ter um dia deslumbrante se apenas percorreres esta linha de carro ou a pé. Tem uma vista deslumbrante sobre as praias.

Além do lindo areal, um local que deves descobrir é a Boca do Inferno, em Cascais. Uma formação de rochas e grutas deslumbrantes.

Se procuras mais divertimento, Estoril é o local indicado. Nesta freguesia do concelho de Cascais tens também o maior casino da Europa, o Casino Estoril. Para concertos ou apenas uma noite divertida e diferente, aqui é o lugar ideal. Tens bares, restaurantes, uma discoteca e salas de espetáculos onde atuam todos os meses artistas nacionais e internacionais. Na outra parte do Casino podes encontrar as famosas salas de jogo, com mais de 700 slot machines, BlackJack, e claro – a famosa Roleta, onde podes mesmo sentir-te o verdadeiro James Bond no filme Os Diamantes São Eternos.

Se és fã de automóveis, não podes deixar de visitar as longas pistas do Autódromo do Estoril. E se gostas de jogar, tens mesmo de te perder pelos relvados do Estoril Golf, um dos campos mais antigos e conceituados de Portugal.

Para absorver ao máximo o que Lisboa tem para te dar, pega num mapa e começa já a fazer o teu roteiro. O que vais conhecer depende muito do que pretendes desta viagem, mas acreditamos que estes pontos que te referimos sejam um resumo ideal para quem quer assimilar um pouco de tudo o que a nossa capital tem de melhor. Aproveita!


 

Também pode interessar

Deixar uma resposta

O Echo Boomer utiliza cookies para dar a melhor experiência possível aos nossos leitores. Aceitar Ler mais

%d bloggers like this: