Grande Prémio de Portugal de MotoGP não terá público

A decisão foi anunciada este sábado pelo primeiro-ministro António Costa após reunião de Conselho de Ministros.

MotoGP
- Publicidade -

Depois do que se passou no Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1, em que o distanciamento social não foi respeitado e várias pessoas não usaram máscara já dentro do recinto, ainda que ao ar livre, rapidamente se percebeu que o que aconteceu não se poderia voltar a repetir.

Assim, e qualificando o que se passou como “absolutamente inaceitável e irrepetível”, António Costa anunciou que o próximo grande evento a passar por Portugal, o GP de MotoGP, não terá público.

“Já foi comunicado ao promotor que o Grande Prémio de motos não terá público, porque está revelada a incapacidade de organizar eventos com publico. Não podemos voltar a correr riscos, e, portanto, não está autorizado”, afirmou António Costa.

Recorde-se que o Grande Prémio de Portugal de MotoGP irá decorrer entre 20 e 22 de novembro no Autódromo do Algarve, em Portimão.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

IKEA inaugura ponto de recolha no Algarve

Este é 21º Ponto de Recolha que a IKEA abre em Portugal.

Like a Lord Burgers já entrega hambúrgueres no Algarve

Até ao final do ano, estima-se que a Like a Lord Burgers chegue a 17 localizações espalhadas pelo país.

MotoGP com segunda corrida em Portugal este ano

Lá está a COVID-19 a fazer das suas.

White Shell. Novo empreendimento turístico com vistas deslumbrantes para o mar abre no Algarve no início de julho

Propriedade da Vanguard Properties, o projeto é gerido pela Amazing Evolution e apresenta um conceito assente na sustentabilidade.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Já há data de estreia para o revival de Dexter

E também ficámos a saber o título deste regresso.

Streamings da RTP2 e RTP3 passam finalmente para HD

Não, não é Full HD, mas tudo é melhor que o SD.

NOS Wi-Fi vai ser descontinuado em agosto

Estavam a contar com o serviço quando fossem de férias para aceder à Internet? É melhor pensarem em alternativas.