Governo quer nova linha ferroviária para ligar Lisboa e Porto em 1h15

A proposta faz parte do Programa Nacional de Investimentos (PNI) 2030. O investimento é de 4.500 milhões de euros.

linha ferroviária
- Publicidade -

Há vários anos que se pretende criar algo que ligue as duas maiores cidades do país em tão pouco tempo. Aliás, o jornal Público avançou com essa manchete a 6 de julho de 1999. Já se passaram mais de 20 anos e nada foi feito.

Dito isto, será que isso vai eventualmente acontecer? O Governo acredita que sim, daí ter anunciado hoje que, no Programa Nacional de Investimentos (PNI), um dos destaques irá para a criação de uma linha ferroviária que irá ligar Lisboa e Porto em somente 1h15.

Esta linha ferroviária de Alta Velocidade vai custar cerca de 4.500 milhões de euros, mas será um projeto financiado por fundos comunitários. E será faseado, dando prioridade ao troço entre Gaia e Soure e, só depois, os restantes, até chegar a Lisboa.

Numa primeira fase, prevê-se que a nova linha comece a servir Aveiro, Coimbra e Leiria, cruzando com a linha do Norte em vários pontos, com comboios que irão circular entre os 220 e os 250 km/h. Já numa segunda fase está então previsto que a viagem entre Lisboa e Porto possa ser feita a 300 km/h.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Bolt Food chega ao Porto na próxima semana

Os portuenses vão ter uma nova plataforma de delivery para encomendar refeições.

Aldi passa a apostar em lojas de proximidade. A primeira abre em Lisboa esta semana

A partir de agora, não será somente o Meu Super, da Sonae, a abrir lojas de proximidade em Portugal.

Lisboa. Praça de Espanha tem uma zona verde

É maior que o Jardim da Estrela e já pode ser visitada.

Uber aposta num novo serviço de viagens low cost no Porto

As viagens a preço reduzido estarão disponíveis na aplicação fora do horário de pico na área metropolitana do Porto.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Fórmula 1 – Grande Prémio de França com furos na estratégia da Mercedes

A Fórmula 1 voltou ao circuito Paul Ricard com a edição de 2021 do Grande Prémio de França e, se durante os treinos e qualificação, ficou a ideia que os Pirelli podiam sair furados novamente, afinal foi a estratégia da Mercedes que saiu feita em pedaços. No fim, quem festejou foi a Red Bull: vitória de Max Verstappen e 3º lugar para Sergio Pérez.

Mais antiga praça de touros de Portugal dará lugar a um centro cultural

O projeto é da Zaratan, uma associação de arte arte sediada em Lisboa.

Rede regional dos Açores vai ter nove novos percursos pedestres

Os municípios e juntas de freguesa têm agora 12 meses para implementar os traçados aprovados.