Governo lança portal dedicado à vacinação contra a COVID-19

No site são também esclarecidas várias questões.

vacinação contra a COVID-19
- Publicidade -

Agora que as doses já chegaram ao nosso país e que o processo de vacinação vai começar, importa, mais do que nunca, esclarecer todas as questões relacionadas a este importantíssimo processo.

Para isso, o Governo acaba de disponibilizar à população um portal dedicado ao processo de vacinação contra a COVID-19. “A vacina é eficaz?”, “a vacina é segura?”, “quais os diferentes tipos de vacina que serão administradas em Portugal” ou “quais os grupos prioritários?” são alguns exemplos das perguntas para as quais encontram respostas.

Recorde-se que toda a gente terá direito à vacina, no entanto, foram definidos grupos prioritários por estarem mais vulneráveis à COVID-19.

Assim, estas serão as fases:

  • Fase 1 (a partir de dezembro de 2020): Profissionais de saúde envolvidos na prestação de cuidados a doentes; profissionais das forças armadas, forças de segurança e serviços críticos; Profissionais e residentes em Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas (ERPI) e instituições similares; Profissionais e utentes da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI);
  • Fase 1 (a partir de fevereiro de 2021): Pessoas de idade ≥50 anos, com pelos menos uma das seguintes patologias: Insuficiência cardíaca, Doença coronária; Insuficiência renal (Taxa de Filtração Glomerular <60ml/min); (DPOC) ou doença respiratória crónica sob suporte ventilatório e/ou oxigenoterapia de longa duração;
  • Fase 2 (a partir de abril de 2021): Pessoas de ≥65 anos (que não tenham sido vacinadas previamente); Pessoas entre os 50 e os 64 anos de idade, inclusive, com pelo menos uma das seguintes patologias: Diabetes, Neoplasia maligna ativa; Doença renal crónica (Taxa de Filtração Glomerular > 60ml/min); Insuficiência hepática; Hipertensão arterial; Obesidade; Outras patologias com menor prevalência que poderão ser definidas posteriormente, em função do conhecimento científico;
  • Fase 3 (em data a determinar após a conclusão da segunda fase): Toda a restante população elegível, que poderá ser igualmente priorizada.
- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Deve-se ou não vacinar os jovens entre os 12 e os 15 anos contra a COVID-19?

Na ótica da Direção-Geral de Saúde, só é recomendável que se vacinem os jovens se eles tiverem comorbilidades associadas, que possam conduzir a uma doença grave ou à morte.

Centro Colombo faz testes gratuitos à COVID-19

O processo está a ser coordenado pelos profissionais de saúde da Farmácia Colombo, que comunica todos os resultados às autoridades competentes.

DGS recomenda realização de testes à COVID-19 em casamentos com mais de 10 pessoas

No caso de eventos de natureza cultural ou desportiva, recomenda-se a testagem sempre que o número de participantes/espectadores seja superior a 1.000, em ambiente aberto, ou superior a 500, em ambiente fechado.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

As formas com que os burlões enganam clientes na Booking

O objetivo final é roubar o dinheiro dos utilizadores. Explicamos esta burla ao pormenor.

Já sabemos onde a Croissant da Vila vai abrir mais uma loja em Lisboa

Até ao final do ano, a marca quer abrir mais seis lojas no centro da capital.

Dopesick ganha data de estreia no Disney+

E não falta assim tanto.