Google Go já está disponível para todos

Começou por ficar disponível em 2017 para alguns dispositivos Android edição Go, isto é, sem muita capacidade de processamento, como um processador modesto ou somente 1GB de RAM, o que permitia efetuar pesquisas ao mesmo tempo que o smartphone continuava rápido. Agora, o Google Go (que se chegou a chamar Google Search Lite), app leve e rápida que ajuda as pessoas que acedem à Internet pela primeira vez, mesmo em ligações instáveis, está finalmente disponível na Play Store a nível mundial.

Sabe-se que o Google foi desenvolvido para utilizar menos espaço de armazenamento no dispositivo e para impedir que uma ligação não confiável diminua a velocidade. Ocupa somente 7MB, o que não fará diferença na capacidade de execução de um equipamento, tenha razoáveis ou boas características. Além disso, segundo refere a loja da Google, “os resultados de pesquisa otimizados permitem poupar até 40% dos dados”.

Uma boa característica é que o Google Go fará o registo dos nossos resultados de pesquisa, isto em casos em que perdemos a ligação à Internet.

Adicionalmente, o Google Go dispõe de uma funcionalidade de leitura em alta voz baseada em Inteligência Artificial que permite ouvir qualquer página da Internet, destacando as palavras à medida que são lidas. Isto acontece graças à anterior integração do Lens no Google Go, que permite ouvir em alta voz (ou traduzir) as palavras que estejam a ser captadas pela câmara do nosso smartphone. Algo muito útil no dia-a-dia e que ajuda a desenrascar em algumas situações.

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

10,849FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
632SeguidoresSeguir

Relacionados

App da Web Summit já está pronta para a nova edição

A app da Web Summit foi renovada para a edição de 2020 e já está pronta para iOS e Android.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Análise – 9 Monkeys of Shaolin

Viajem até à China Medieval numa busca por vingança e muita ação.

Crítica – On the Rocks

On the Rocks não parece um filme, mas sim uma história real com pessoas reais… pelo menos até ao terceiro ato.