Global Teacher Prize distingue o professor ou professora do ano com 30 mil euros

por Echo Boomer

Portugal é um dos primeiros países na Europa a implementar uma edição nacional do GTP – Global Teacher Prize. Este prémio distingue, em cada ano, professoras e professores que tenham desenvolvido as soluções consideradas mais inovadoras para lidar com desafios concretos em contexto escolar. Trata-se de um prémio que decorre em paralelo com a edição do GTP mundial, sendo o/a vencedor/a em Portugal automaticamente apurado para a eleição do/a professor/a do ano a nível global, cujo prémio é de um milhão de dólares, e que conta já com três edições.

As candidaturas nacionais, que acontecem online, decorrem entre 6 de Fevereiro e 18 de Março, com o anúncio dos finalistas a ser revelado a 19 de abril e a divulgação do vencedor a 3 de maio.

As candidaturas estão abertas a todos os professores de todos os níveis de ensino, desde o pré-escolar ao 12º ano, de todas as áreas, do ensino público, do ensino particular, cooperativo e especial, em atividade em Portugal ou em instituições nacionais. Basta preencherem um formulário próprio e defender porque motivo entendem merecer o prémio.

Uma equipa de auditores da consultora internacional PWC valida as candidaturas e, posteriormente, um júri multidisciplinar procede à avaliação e elege o/a vencedor/a, que vai receber os 30 mil euros. O prémio vem reforçar o reconhecimento pelo papel central que os professores têm na formação de sociedades mais desenvolvidas, mais ricas e mais justas.

Para implementar o prémio em Portugal, a Global Teacher Prize conta com o envolvimento da Fundação GALP como parceiro principal e o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian e da Federação Portuguesa de Futebol na amplificação da iniciativa.

O Global Teacher Prize Portugal foi criado também para partilhar saberes e trazer o assunto “Educação” para a ordem do dia, sensibilizando e responsabilizando toda a comunidade para a importância do contributo de cada um, criando novas respostas aos desafios que se apresentam.

A nível internacional, o GTP, que surgiu em 2015, recebeu mais de 5.000 candidaturas, de professores de 127 países.


 

Deixar uma resposta

Também pode interessar

O Echo Boomer utiliza cookies para dar a melhor experiência possível aos nossos leitores. Aceitar Ler mais

%d bloggers like this: