Gestão de stock? O Dropshipping resolve!

por Echo Boomer

Pequenos e grandes empreendedores têm vindo a perceber que a Internet é o meio certo para fazer algum dinheiro extra. O e-commerce tem vindo a destacar-se de outras formas de comercialização de produtos e, hoje em dia, é rara a pessoa que não depende do meio digital para encontrar os produtos que procura. O futuro passa, agora, pelas lojas online e o encontro com os produtos de diversos setores e nichos já não fica nas lojas tradicionais, mas antes à distância de alguns cliques.

Claro que a perceção de que o mundo do marketing acontece online tem resultado numa adaptação sem precedentes. Neste momento, não só a concorrência entre lojas digitais é maior do que nunca; como também as estruturas paralelas, de gestão de produtos, têm vindo a desenvolver-se para dar resposta às dificuldades efetivas do e-commerce.

Para quem se encontra a começar na vida das vendas online, alguns aspetos deste tipo de negócio podem, de facto, parecer muito desafiantes. Afinal, como garantir o stock dos produtos que quero vender? Como posso personalizá-los e destacá-los dos demais? De que forma consigo gerir a criação de estratégias a par com a gestão de stocks e com os envios aos clientes?

Muitas perguntas poderiam ser feitas e muitas outras são geradas por estas. Ainda assim, felizmente, os conceitos relacionados com o comércio digital começam a tornar-se mais abrangentes, levando até aos lojistas online e aos maiores empreendedores oportunidades únicas para que estes possam conquistar o seu espaço no mundo do digital.

Nestes meandros, encontramos o conceito de Dropshipping. O Dropshipping nada mais é do que uma estratégia de e-commerce mediante a qual o empreendedor pode delegar para uma plataforma de gestão logística todo o processo de gestão de stocks, desde o seu embalamento e até ao envio ao cliente final.

Veremos, por isso, a quem se destina este tipo de plataforma e quais as vantagens que podem ser encontradas no recurso a este tipo de parceiro de negócio.

Dropshipping: será para mim?

Alguns sites, como é o caso do Oberlo, permitem aos empreendedores delegar as tarefas relacionadas com o stock. Estes sites permitem que os revendedores tenham acesso a uma gama abrangente e variada de produtos, que podem comercializar nas suas lojas online, mediante uma partilha dos mesmos, com a devida adaptação de preços e descrições.

No fundo, oferecendo um serviço de gestão de stock, que evita o investimento inicial e a preocupação sobre o armazenamento do mesmo, este tipo de serviço de Dropshipping visa minorar os constrangimentos encontrados por quem se lança no negócio das vendas onlines, facilitando todo o processo de venda e assumindo as dificuldades relativas à gestão dos produtos, ao seu armazenamento e ao seu envio ao cliente final.

Se o vosso negócio ainda está em fase de crescimento, é natural que precisem de tempo para estruturar as bases da vossa marca e para se dedicarem à construção de estratégias de venda mais sólidas. Neste caso, o recurso ao Dropshipping poderá ser ideal para garantir que vos sobra o tempo necessário para se dedicarem a este tipo de tarefa, enquanto os vossos parceiros assumem a responsabilidade prática de finalizar as entregas aos vossos clientes.

Esta coordenação poderá ser muito útil na procura pelo cliente, ajudando a aumentar o volume de negócio da vossa empresa e gerando rendimentos mais avultados para todos os envolvidos.

Mas, afinal, o que é o Dropshipping?

Para melhor explicar o Dropshipping, torna-se necessário olhar este tipo de serviço como uma das respostas às necessidades criadas pela Internet. Hoje em dia, para dar resposta aos pedidos dos clientes online, seria necessário que um dono de uma loja de e-commerce tivesse feito um grande investimento em produtos, de diferentes gamas, sem ter o conhecimento efetivo de se conseguiria (ou não) escoar este stock.

Evidentemente, este tipo de investimento constitui um risco, além de levantar problemas no que diz respeito ao armazenamento dos produtos adquiridos. Assim, à partida, muitas pessoas veriam vedada a possibilidade de se lançarem neste tipo de negócio.

A ideia do Dropshipping foi exatamente a criação da possibilidade de criar o vosso negócio, deixando o lado mais empreendedor ganhar vida, sem a necessidade de se arriscar inicialmente com a compra de qualquer tipo de produto.

O Dropshipping seria, pois, uma plataforma dedicada à gestão da parte logística da vossa empresa, que armazenará produtos de todos os nichos e setores e agirá como um fornecedor. Além disso, neste processo, a plataforma assumiria ainda o papel de embalar e enviar ao consumidor final todos os produtos que tenham sido encomendados na vossa loja online.

A gestão entre o lojista e o fornecedor seria feita, então, de forma a deixar as empresas com mais tempo de implementar estratégias de venda, construindo uma rede de clientes sólida e sem a preocupação paralela de gerir o stock que vende.
Este tipo de serviço tem várias vantagens, ajudando as lojas online a terem um stock mais alargado e diversificado, permitindo a adoção de estratégias mais ousadas de optimização de vendas e evitando restrições geográficas, tornando possível o envio para vários países do mundo.

Também pode interessar

Deixar uma resposta

O Echo Boomer utiliza cookies para dar a melhor experiência possível aos nossos leitores. Aceitar Ler mais

%d bloggers like this: