A Fórmula 1 vai chegar à Netflix com um documentário cheio de adrenalina

Sem filtro, sem efeitos especiais, sem precedentes. É assim que se apresenta o novo documentário, em forma de série, da Netflix sobre a competição automóvel mais prestigiada do mundo, a Fórmula 1.

- Publicidade -

Produzida pelos criadores dos documentários Senna, de Ayrton Senna, e de Amy, de Amy Winehouse, Fórmula 1: A Emoção de um Grande Prémio é uma emocionante série de 10 episódios que promete levar-nos aos bastidores da grande prova através de uma lente exclusiva e intimista.

A série vai tocar em diferentes aspetos da Fórmula 1, desde os dramas em torno da organização e dos seus superiores, às rivalidades em pista entre os pilotos e as suas relações reais fora da pista.

O documentário acompanha o Grande Prémio de 2017, passando por todos os Prémios à volta do mundo, numa espécie de resumo da temporada, tudo isto de forma dramática.

Fórmula 1: A Emoção de um Grande Prémio estreia na Netflix no dia 8 de março e, para acompanhar o anúncio, a plataforma partilhou um emocionante trailer e um registo fotográfico da série.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

LEGO com um novo set dedicado a Queer Eye

Esta nova aposta chega para celebrar a criatividade e promover a positividade.

Fórmula 1 – Grande Prémio de Itália com festejos na Austrália

O Grande Prémio de Itália veio salvar os três fins de semana consecutivos no campeonato do mundo de Fórmula 1.

Documentário Zé Pedro Rock’n’Roll vai estrear na RTP1

Uma viagem íntima ao mundo de um dos mais carismáticos músicos portugueses no dia em que completaria 65 anos.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Análises de videojogos: Adeus Notas

Porque opiniões são mais do que notas e números.

KEO adia a data do Early Access para o final do ano

O jogo da Redcatpig precisa de afinações de última hora.

Uber investe milhões de euros em Lisboa e quer contratar mais 200 colaboradores até ao final de 2021

A Uber chegou a Portugal em 2014 e, desde então, tem crescido sem parar.