fbpx

FNAC tem agora mais de 3 milhões de ebooks disponíveis

Falta de tempo e disponibilidade para colocares a leitura em dia? A FNAC dá uma ajuda.

Com a missão de estimular o prazer da leitura nos mais diferentes segmentos da população portuguesa, a FNAC reforçou a sua oferta de ebooks no site oficial com cerca de três milhões de novas referências. Do romance histórico à pedagogia, da ficção à literatura infanto-juvenil, são várias as opções, com especial destaque para os mais de dois milhões de e-books em língua inglesa.

O aumento da gama de ebooks vem complementar aquela que é uma das grandes apostas da empresa para os próximos anos, a sua livraria online, uma vez que a venda de ebooks já representa 10% do total da faturação do mercado dos livros na Europa.

No que diz respeito às vendas dos livros digitais na FNAC, as categorias de romance e ficção assumem as preferências dos leitores, sendo a obra “O desaparecimento de Stephanie Mailer“, de Joël Dicker, o ebook mais vendido em 2018, seguido pela “Casa de Espiões“, de Daniel Silva, e o “The Subtle Art of Not Giving a F*ck“, de Mark Manson.

A par da expansão da livraria online, a FNAC complementa ainda a sua oferta para os leitores de ebooks com o novo modelo Kobo HD, um dispositivo de leitura de ebooks com um ecrã de 8″ e 8 GB de memória.


 

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,778FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
628SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

FNAC lança plataforma que permite agendar a encomenda de manuais escolares em loja

Algo bem útil com o aproximar do início do próximo ano escolar.

Torres Novas. Loja FNAC abre a 1 de junho

É a 34ª loja da empresa em Portugal.

Apple Pay já está disponível para clientes FNAC

Mas atenção, é necessário ter Cartão FNAC Crédito, claro.

Lojas FNAC reabrem já esta sexta-feira

Exceto as lojas FNAC do Aeroporto de Lisboa e do Instituto Superior Técnico.
- Publicidade -

Mais Recentes

Celebra o aniversário do Batman com o LEGO do seu Batwing

O novo set de coleção é inspirado no icónico veiculo do filme de 1989.

Câmara Municipal de Lisboa vai continuar a apostar em água reutilizada para lavar as ruas e regar espaços verdes

A Câmara Municipal de Lisboa aprovou a proposta para a construção da Rede de Água Reutilizada de Lisboa na Zona Ribeirinha e Bairro Alto.