FLO. Nova marca sustentável valoriza cada fase da vida de uma flor

Uma marca que pretende florir a nossa vida.

FLO
- Publicidade -

Durante a quarentena, Madalena Pereira começou a fazer experiências e a cultivar as próprias flores – flores frescas e da época. Das flores frescas, surgiu a ideia de criar uma marca que acrescentasse mais, que desse a conhecer todas as potencialidades das flores. Foi assim que nasceu a FLO.

O objetivo foi criar uma marca sustentável que valorizasse cada fase da vida da flor, com um conceito forte e produtos com propósito que podem ser vendidos em separado ou em conjunto, de forma a complementarem-se uns aos outros.

Para quem procura integrar a fundo o conceito da marca, de utilizar as flores em todas suas as fases, a marca tem uma opção (já existente em outros sectores como a maquilhagem e o pronto a vestir, mas inédito no mercado das flores), que permite uma subscrição (3, 6 ou 12 meses) em que o subscritor recebe em casa todos os meses uma caixa surpresa com um kit do it yourself.

A cada cliente são disponibilizados diferentes kits com projetos diversos – um kit que permite semear e cuidar das flores que escolheu ou um outro kit que permite proceder à secagem de flores para nova utilização.

Madalena Pereira teve igualmente uma preocupação grande também com o packaging – todos os materiais usados na composição e todas suas caixas/kits querem que sejam sustentáveis.

A FLO, que pode ser descoberta na loja online, tem ainda serviços de flower design e de personalização dos seus produtos para ocasiões ainda mais especiais.

Sabe-se ainda que a marca terá várias edições limitadas ao longo do ano, com produtos exclusivos e da época.

- Publicidade -

Sigam-nos

12,931FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
656SeguidoresSeguir

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Crítica – One Night In Miami

One Night in Miami conta com um dos melhores elencos de 2020. Uma obra magnífica de filmmaking e storytelling.

RPGs e o futuro das opções românticas

Uma das características de destaque dos RPGs (role playing games) é a capacidade de se fazer o que quisermos, até mesmo encontrar o amor.