Filme “Pedro e Inês” vai ao Festival Internacional de Cinema de Montreal

A longa metragem Pedro e Inês, realizada por António Ferreira, está selecionada para a competição oficial do MWFF 2018 – Festival Internacional de Cinema de Montreal (Montreal World Film Festival), a decorrer entre 23 de agosto e 3 de setembro no Canadá. A principal distinção deste evento é a World Competition a categoria oficial do evento, secção onde está selecionado o filme português Pedro e Inês e que conta com 24 filmes oriundos de 16 países.

- Publicidade -

O filme, produzido por Tathiani Sacilotto da Persona Non Grata Pictures, em coprodução com França e Brasil, que estreia em Portugal a 18 de outubro, terá a sua estreia mundial neste festival no final deste mês de agosto. O filme é uma adaptação do romance A Trança de Inês, de Rosa Lobato de Faria.

A sinopse diz o seguinte: “Internado num hospital psiquiátrico por viajar de carro estrada fora com o cadáver da sua namorada Inês, Pedro recorda três vidas diferentes, simultaneamente e de forma indistinta. Deitado na sua cama de hospital ou sentado no banco de jardim onde espera que a dor passe, Pedro recorda a vida com a sua amada Inês que é brutalmente assassinada ao longo dos tempos, apartando-o do seu amor incomensurável, que o deixa à beira da loucura e que transforma um homem reservado e pacato, num outro sedento de vingança e justiça.”

Protagonizado por Diogo Amaral e Joana de Verona, o filme que foi rodado entre junho e agosto de 2017 em 4 concelhos do distrito de Coimbra, conta ainda no elenco com Vera Kolodzig, Cristóvão Campos, Custódia Gallego, Miguel Borges e João Lagarto.

Pedro e Inês é uma das produções portuguesas mais ambiciosas dos últimos anos e demorou 10 anos a ser concretizado.


 

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,762FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
656SeguidoresSeguir

Relacionados

Filme sobre Billie Holiday ganha primeiro trailer

A longa-metragem de Lee Daniels vai retratar os últimos e duros anos da vida de uma das maiores divas do jazz.

Crítica – Pieces of a Woman

Com um dos melhores atos de abertura dos últimos anos, a história emocionalmente chocante de Pieces of a Woman é elevada pelas melhores prestações das carreiras de Vanessa Kirby e Shia LaBeouf.

Bem Bom, filme sobre as Doce, adiado para 2021

Também Sombra, O som que desce da terra e Amadeo foram adiados para o próximo ano.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Prazo para troca ou devolução de bens suspenso durante o novo confinamento

É uma medida prevista no decreto-lei que entrou em vigor este sábado.

Google Arts & Culture mostra a profundidade e a diversidade da herança cultural egípcia

Pretende-se, assim, apoiar e destacar a cultura e a herança do Médio Oriente.

Continente do Bebé é o nome da nova marca própria do Continente

Os produtos da marca estão em destaque na Feira do Bebé do Continente, que decorre em todas as lojas Continente até 24 de janeiro, com descontos diretos até 25%.