Festival F promete realizar-se na mesma, mas com um evento adaptado à realidade atual

Com a proposta de lei que proíbe a realização de festivais até 30 de setembro, há promotoras que prometem não baixar os braços.

realidade atual
- Publicidade -

Uma delas é a Livecom/Sons em Trânsito, responsável pela realização do Festival F, que deveria acontecer no início de setembro. Em comunicado oficial, a promotora lamenta a proposta da lei, embora perceba e respeite as razões que fundamentam esta decisão.

No entanto, o texto refere que o Festival F irá mesmo acontecer, mas não nos moldes que atualmente conhecemos.

“Recusamos baixar os braços e, sempre em rigoroso cumprimento das normas sanitárias em vigor, prometemos adaptar o evento à realidade atual e assinalar o ano de 2020 como também um ano de Festival F. Assim que possível comunicaremos os moldes em que estas ações irão decorrer”, segundo diz a nota que podemos ler no Facebook.

As razões, segundo a Livecom/Sons em Trânsito, prendem-se com o facto do Festival F ter “como principais objectivos valorizar o território onde ocorre, disponibilizar uma oferta cultural e de lazer de grande qualidade, bem como promover e potenciar a música portuguesa, mostrando toda a sua diversidade e abrangência”.

Não sabemos ao certo o que está a ser pensado, mas mais detalhes devem ser comunicados em breve. Não se sabe se a organização pretende adaptar o festiva a um evento de lotação reduzida, ou se, por outro lado, pensa em fazer uma edição especial na altura da passagem de ano, tal como vai acontecer com o RFM Somnii.

Também João Carvalho, diretor do Vodafone Paredes de Coura, admitiu à Agência Lusa que gostaria de realizar um evento no inverno. “Queremos fazer algo por Paredes de Coura. Eu gostaria, se o Governo e as autoridades de saúde o permitirem, de fazer algo no inverno. Se for possível, porque nem pensar pôr em risco alguém”, adiantou o responsável.

- Publicidade -

Parceiros

Relacionados

Música – Álbuns essenciais (junho 2021)

Uma dúzia de bons álbuns chegam para resumir o mês de junho.

Espanhóis Obsidian Kingdom tocam em Lisboa em novembro deste ano

A abertura da noite fica a cargo dos portugueses Gaerea.

IKEA inaugura ponto de recolha no Algarve

Este é 21º Ponto de Recolha que a IKEA abre em Portugal.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Afinal, os bares podem funcionar já a partir de 1 de agosto

Desde que apliquem as regras dos restaurantes.

Governo anuncia três fases para a “libertação”. Discotecas poderão voltar a funcionar em outubro

Espera-se que, em finais de outubro, 85% da população portuguesa esteja totalmente vacinada.

Trust coloca o jogo nas nossas mãos com dois novos ratos

Conheçam o GXT 922 Ybar e o GXT 131 Ranoo.