Festival de Francesinhas vai chegar pela primeira vez a Setúbal

- Publicidade -

Serão seis dias com francesinhas à moda do Porto.

Depois de ter passado pelo Seixal e por Angra do Heroísmo, nos Açores, eis que o Festival de Francesinhas vai chegar a uma cidade numa estreia absoluta: Setúbal.

Pela primeira vez, a capital do choco frito receberá um evento totalmente dedicado às francesinhas à moda do Porto. Na cidade, o Festival de Francesinhas decorrerá durante seis dias, de 10 a 15 de agosto, no Largo José Afonso, na Avenida Luísa Todi. O espaço preparado terá capacidade para 350 pessoas.

As francesinhas serão confecionadas por algumas das mais antigas e emblemáticas casas da cidade do Porto. É o caso da Cufra, Alicantina, Taberna Portuense e I Love Eat Francesinhas.

À semelhança das versões que aconteceram noutras localizações, também esta estreia do Festival de Francesinhas em Setúbal terá variantes da francesinha tradicional, como versões vegan. Já de acordo com a Evasões, haverá ainda um stand com cachorrinhos portuenses feitos pelo Mirone, um restaurante de Vila Nova de Gaia.

A entrada é livre, o que significa que só pagam o que consumirem, mas sabe-se que cada francesinhas custará 10€ (à exceção da vegan). O evento funciona das 12h às 15h e das 18h às 23h.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

- Publicidade -

Relacionados

Festival de Francesinhas regressa ao Seixal

De carro, de barco, de comboio, de bicicleta… Todos os caminhos vão dar ao Seixal de 3 a 12 de junho.

Festival de Francesinhas chega ao Seixal pela primeira vez

De carro, de barco, de comboio, de bicicleta... Todos os caminhos vão dar ao Seixal entre os dias 4 e 14 de novembro.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Gelatieiri. A nova gelateria de Vila Real de Santo António tem gelados bem cremosos

E faz-nos lembrar vagamente a La Romana, que fomos experimentar recentemente em Lisboa.

Chuva de reclamações tapa o Sol da Caparica. Afinal, o que se passou?

Mas as palavras de desagrado do público parecem não ter surtido qualquer efeito junto dos promotores.