Maior e mais antigo evento de terapias complementares e desenvolvimento pessoal regressa a Lisboa

- Publicidade -

Este ano está prevista a presença de cerca de 200 expositores, a grande maioria profissionais das várias terapias complementares.

O Festival de Bem-Estar (Feira Alternativa) está de regresso este verão, após dois anos de interregno por causa da pandemia. O maior e mais antigo evento de terapias complementares e desenvolvimento pessoal realiza-se em Lisboa, no Parque de Jogos 1º de Maio do Inatel, de 9 a 11 de setembro.

Desde 2005 que o festival é um momento de encontro holístico e de união entre todos os que escolhem viver melhor em consciência e equilíbrio. Exposição, palestras, workshops e aulas práticas darão nova vida ao conceito original que acolhe anualmente milhares de visitantes e centenas de expositores.

Este ano está prevista a presença de cerca de 200 expositores, a grande maioria profissionais das várias terapias complementares. É o caso do Reiki, Acupunctura, Reflexologia, Feng Shui, Massagens, Terapia de Som, Cromoterapia, Florais, Mesa Quântica, Numerologia e Cristaloterapia, entre várias outras.

As restantes áreas da cosmética natural, nutrição, alimentação saudável, artesanato e esoterismo estarão igualmente bem representadas. A restauração contará com uma vasta oferta de alimentação saudável, incidindo na vegetariana, vegan e produtos biológicos.

As inúmeras palestras, workshops e showcooking compõem o programa de 2022, com mais de duas dezenas de oradores convidados, e as aulas práticas de Yoga, Chi Kung, Tai Chi, danças e meditação desenrolam-se ao longo dos três dias do evento.

Num fim-de-semana pensado para desfrutar em família, destacam-se ainda três momentos especiais: a comemoração dos 100 anos do Reiki, pela Associação Portuguesa de Reiki (foi em 1922 que o mestre Mikao Usui desenvolveu o Reiki tal como é hoje praticado); uma mega-aula de Yoga, pela Federação Portuguesa de Yoga; e uma sessão de “Eye Gazing”, exercício tântrico que aumenta a intimidade, pela Escola do Amor.

A entrada individual para o Festival custa 7,5€ no primeiro dia (sexta-feira) e 10€ em cada um dos dias seguintes. O passe para os três dias tem um custo de 15€.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

- Publicidade -

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Gelatieiri. A nova gelateria de Vila Real de Santo António tem gelados bem cremosos

E faz-nos lembrar vagamente a La Romana, que fomos experimentar recentemente em Lisboa.

Chuva de reclamações tapa o Sol da Caparica. Afinal, o que se passou?

Mas as palavras de desagrado do público parecem não ter surtido qualquer efeito junto dos promotores.