Facebook torna as suas ferramentas de privacidade mais fáceis de encontrar

Os acontecimentos do mês passado mostraram que ainda há muito a fazer para o Facebook aplicar as suas políticas e ajudar as pessoas a perceberem como funciona, assim como as opções de escolha ao seu dispor relativamente aos seus dados. 

- Publicidade -

Por isso, para além dos anúncios já feitos por Mark Zuckerberg – reprimir os abusos da plataforma Facebook, o fortalecimento de políticas e facilitar às pessoas a possibilidade de anularem a capacidade das aplicações acederem aos dados – serão tomadas medidas adicionais para dar aos utilizadores um maior controlo sobre a sua privacidade. A maioria destas atualizações estava já a ser trabalhada há algum tempo, mas os acontecimentos dos últimos dias reforçaram ainda mais a sua importância.

Tornar as configurações e ferramentas de Dados mais fáceis de encontrar

O Facebook redesenhou por completo o seu menu de definições para dispositivos móveis, do início ao fim, para que tudo seja mais fácil de encontrar. Ao invés de as definições estarem distribuídas por quase 20 ecrãs diferentes, estão agora acessíveis em apenas um único lugar.

Para além da simplificação do menu de definições, o feedback dos utilizadores é que a informação sobre privacidade, segurança e anúncios deveria ser muito mais fácil de encontrar. No novo menu de atalhos de privacidade é possível controlar os dados em apenas alguns cliques, com explicações clarificadas de como funcionam os controlos. Esta experiência é agora mais visual, clara e fácil de encontrar.

A partir deste menu é possível:

a. Tornar a conta mais segura: os utilizadores podem ativar mais ferramentas de proteção, como a autenticação com dois-fatores. Caso esta opção esteja ativa e alguém tente entrar na conta a partir de um dispositivo que o Facebook não reconheça, será de imediato pedida uma confirmação ao dono da conta;
b. Controlar informação pessoal: é possível aos utilizadores reverem o que partilharam e apagarem se quiserem. Incluindo posts que partilhou ou aos quais reagiu, pedidos de amizade enviados e buscar feitas no Facebook;
c. Gestão de quem vê os posts e informação de perfil: cada utilizador é dono do que partilha no Facebook e pode gerir quem vê o que publica e a informação que incluiu no seu perfil.

Ferramentas para encontrar, descarregar e apagar os dados dos utilizadores no Facebook

É importante saber que dados o Facebook recolhe e usa, mas é ainda mais útil que os utilizadores consigam ver e gerir a sua própria informação. Há quem queira apagar informação que partilhou no passado, há quem seja apenas curioso e queira verificar que informação é que o Facebook tem. Por isso mesmo, o novo ‘Aceda à sua Informação‘ é uma forma segura de permitir aos utilizadores acederem e gerirem a sua informação – posts, reações, comentários ou pesquisas efetuadas. É possível apagar aqui o que não quer que apareça mais na sua cronologia.

É também agora mais fácil fazer o download da informação partilhada no Facebook – em última análise, os dados pertencem a cada utilizador. É possível fazer o download de uma cópia segura ou movê-la para outro serviço, incluindo fotografias, contactos adicionados à conta, posts na cronologia e muito mais.

Próximos passos

É também da responsabilidade do Facebook explicar aos utilizadores como recolhe e usa os seus dados na língua escolhida, de forma fácil de entender. Durante as próximas semanas, serão propostas atualizações dos termos de serviço do Facebook, que incluem este compromisso. A política de dados será também atualizada para que seja mais fácil perceber que dados são recolhidos e como são utilizados. Estas atualizações visam uma maior transparência – não a obtenção de novos direitos de recolha, uso e partilha de dados.


- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Facebook passa a permitir publicações anónimas nos grupos

A funcionalidade de publicação anónima permite às pessoas publicarem nos grupos, mas sem que tenham de partilhar publicamente os seus nomes.

Acontece este mês o primeiro evento online pago no Facebook em Portugal

Os Eventos Online Pagos do Facebook são uma nova forma de as páginas ganharem dinheiro com eventos online naquela rede social.

Facebook vai restringir o alcance de grupos que violam as regras

Será desta que vamos deixar de ver os famosos diretos de venda de roupa e outros produtos?
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Electric Daisy Carnival (EDC) Portugal é substituído este ano pelo Secret Project Festival

Vai acontecer no mesmo local que o EDC e nas mesmas datas anteriormente definidas para 2022.

Serviço de streaming OPTO volta ao ativo

Foram três semanas sem acesso à plataforma.

STCP alarga frota com 81 autocarros MAN

Os autocarros têm 12 metros de comprimento e contam com 37 lugares sentados, 44 lugares em pée ainda 1 lugar de cadeira de rodas.