fbpx

Estará a Bitcoin de volta?

Em 2009, o mundo ficou a conhecer uma das primeiras criptomoedas: a Bitcoin. A Bitcoin é uma moeda descentralizada e encriptada, utilizada como fundo monetário eletrónico, e que não é controlada por nenhum tipo de autoridade superior, como por exemplo um banco. Esta moeda foi usada pela primeira vez na compra de duas pizzas para entrega ao domicílio, o que custou um total de cerca de 10 mil bitcoins.

Eventualmente, esta moeda digital acabou por sofrer grandes alterações, ao ponto do seu valor de mercado ter crescido drasticamente. Enquanto o valor de uma Bitcoin foi lentamente ganhando valor em algumas centenas de dólares, 2017 foi o ano que deu origem ao grande mercado de moedas encriptadas existente no momento. Em janeiro de 2017, a Bitcoin já se estabelecia no valor de alguns milhares de dólares, mas foi em dezembro desse ano que alcançou o valor recorde de 19 mil dólares por uma Bitcoin.

Infelizmente, este valor foi decrescendo gradualmente, tendo caído até aos 3000 dólares em janeiro de 2019. No entanto, e para surpresa de muitos, o ano de 2019 tem sido promissor para os interessados em investir em criptomoedas.

Em apenas alguns minutos, durante as horas ativas no continente asiático, o preço da Bitcoin aumentou em 20%, com o seu valor a chegar a custar cerca de 5000 dólares por uma Bitcoin, o valor mais alto para a criptomoeda mais bem conhecida desde novembro de 2018. Esta subida captou a atenção do público, voltando a gerar atenção para o mercado de troca de Bitcoins por parte dos investidores. De facto, na primeira hora que se seguiu a este aumento, chegaram a circular cerca de 17 mil milhões de dólares no mercado das criptomoedas.

Outras criptomoedas como a Ether, Litecoin e Ripple também saltaram nas tabelas, assim como outras ações do mercado que estão relacionadas com a troca de criptomoedas. Apesar de subidas e descidas em valor de Bitcoin não serem novidade, ninguém parece saber ao certo a que se deve a subida inesperada da Bitcoin, mas os investidores acreditam numa maior adesão a este mercado por parte das gerações mais novas, o que pode salvar a criptomoeda depois da sua queda catastrófica de valor em 74%.

As empresas envolvidas na troca de criptomoedas preocupam-se com a repentina subida de Bitcoin no mercado, visto não haver um óbvio catalisador para esta ação. Por esse motivo, muitas dessas empresas optam por fechar ainda as suas portas à troca de Bitcoin até ser evidente que o mercado voltou a assentar, eliminando a possibilidade que essa subida possa ser devida apenas a outro “entusiasmo”. A Bitcoin, ao longo dos anos, foi sempre descrita como uma criptomoeda emocional, e tal deve-se à constante queda e subida de valor no mercado, criando pequenas janelas de oportunidade para os investidores antes da moeda perder seu valor novamente.

O especialista Simon Peters, da eToro, discutiu o facto de que os entusiastas e analistas de mercado dedicados ao sector de criptomoedas terão observado a estagnação em que o valor da Bitcoin se encontrava. Desde novembro de 2018 que o valor da Bitcoin mantinha uma tendência de cerca de 4200 dólares, tendo sido agora ultrapassado por motivos incertos. Peters explica que é difícil ter a certeza do que pode ter causado esse salto no valor da Bitcoin, mas o mais provável é estar relacionado com os compradores a curto prazo que podem ter adicionado pressão no preço da Bitcoin. O especialista referiu ainda que, se o preço se mantiver na tendência atual por um período prolongado, a Bitcoin poderá ter um futuro bem brilhante pela frente.

As alterações de mercado da Bitcoin, apesar de não serem explicadas, seguem uma série de desenvolvimentos por parte dos reguladores americanos que esperam alterar a forma como a bitcoin e outras moedas digitais são utilizadas, esperançados que estas se possam tornar formas de investimento mais tradicional e formas de transação alternativa. As autoridades americanas têm vigiado possíveis aplicações que podem ajudar a criar um fundo de troca para a bitcoin.

Na manhã de 2 de abril, muitos tiveram uma agradável surpresa ao deparararem-se com o crescimento do preço da Bitcoin. Depois de tanto investimento por parte de negócios para aceitação de criptomoedas como forma de pagamento, o desvio de atenção do público para este sector pode ser benéfico para a economia mundial.

Será que a Bitcoin continuará nesta tendência positiva e estará para ficar de vez?

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,778FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
628SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Há um novo site que nos ensina praticamente tudo sobre criptomoedas

Foi um projeto que se iniciou no ano passado e, desde então, têm sido muitos os utilizadores que acompanham o Criptoinvest na esperança de saber as últimas novidades da blockchain.

Mundial de Futebol 2018 e Bitcoin entre os principais temas de spam e phishing em 2017

De acordo com o relatório “Spam e Phishing em 2017” da Kaspersky Lab, os hackers têm acompanhado os acontecimentos...
- Publicidade -

Mais Recentes

Análise – Urbanista Stockholm Plus

Caso estejam à procura de uma earphones True Wireless cuja relação qualidade-preço faça valer o investimento, os Urbanista Stockholm Plus são uma aposta segura.

Stand Up Sessions está de volta e leva Hugo Sousa e Ana Garcia Martins a Guimarães

E a estes dois junta-se ainda o já amplamente conhecido Nilton.