Empresa bracarense cria solução que identifica os erros das faturas de energia elétrica

Permite a organizações do Estado e a empresas privadas poupar até 5% do valor final mensal na fatura da eletricidade.

- Publicidade -

São anomalias ou incoerências que seriam praticamente impossíveis de identificar manualmente, dado o elevado número de faturas e dados mensais recebidos por órgãos estatais e grandes empresas, e podem ser encontradas, em média, em 20% das faturas de eletricidade de uma organização. A tecnológica YET identificou o problema e, em parceria com a E 4 S, desenvolveu uma plataforma integrada de gestão de faturas elétricas que, em caso de necessidade, dá acesso aos dados necessários para se proceder a uma reclamação.

Estes erros podem ocorrer através de duplicação de valores, valores de parcela, dados incorretos no contrato, entre outros, e dão lugar a um sobrecusto, agora fácil de identificar com uma nova tecnologia.

O Watt realiza, automaticamente, uma verificação e validação das condições contratuais para todos os documentos contabilísticos de cada entidade, permitido que sejam realizadas operações de validação de histórico já faturado em todo o momento, não deixando passar cobranças em duplicado ou faturas com condições contratuais diferentes das definidas para cada instalação. É ainda garantido que preços unitários com quatro ou seis casas decimais (tipicamente utilizados no fornecimento de energia elétrica) sejam sempre verificados independentemente da quantidade de documentos em validação.

A solução de bill validation desenvolvida permite também aceder ao histórico dos consumos de cada contrato e instalação consumidora de energia elétrica e acompanhar a evolução dos consumos reais, potência contratada, leituras de contadores, alterações contratuais, bem como a todos os documentos contabilísticos recebidos e validados.

Na plataforma, são ainda disponibilizados vários tipos de alertas, como variações em cadeia ou homólogas que possam ser anormais (quer em termos financeiros, quer em termos de energia consumida), falta de documentos contabilísticos ou CPEs (códigos de ponto de entrega) que apresentem consumo residual ou mesmo sem consumo para um acompanhamento dos pedidos de rescisão de contratos que não foram realizados pelos comercializadores e onde o cliente continua a suportar os custos fixos.

No Watt, é ainda possível consultar e descarregar alguns relatórios de gestão, produzidos apenas com base na informação contratual e das faturas recebidas sem qualquer necessidade de investimentos em sistemas de monitorização.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

EDP Comercial facilita pagamento de faturas e suspende cortes de energia

Os portugueses têm pedido e assinado petições para que, durante esta pandemia, não sejam cobradas faturas de água, luz...
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes