Esta exposição vai assinalar o 37.º aniversário do lançamento do ZX Spectrum

- Publicidade -

Muitos dos que costumam ler o Echo Boomer podem nem saber o que é o ZX Spectrum. A verdade é que, quando surgiu em 1992 pelas mãos da Sinclair Research, acabaria por tornar-se num ícone dos jovens da geração dessa década. O mais engraçado é que nem sequer nasceu para ser uma máquina de jogos, mas atingiu o estrelato, muito devido a essa componente lúdica.

Em Portugal, muitos foram aqueles que se renderam aos encantos do ZX Spectrum, pelo que é com naturalidade que damos destaque a esta exposição. Chama-se LOAD, vai decorrer a 27 de abril no Museu da Pedra, em Cantanhede, e pretende celebrar o 37.º aniversário do lançamento daquele microcomputador.

A exposição LOAD está estruturada com base na coleção Geração Spectrum, que tem sido apresentada em fóruns e eventos da área a nível nacional e internacional. Neste caso, conta-se com cerca de 100 computadores Spectrum de países como Inglaterra, Portugal, EUA, Espanha, França, Polónia, Egipto, Argentina ou Brasil.



Estão ainda incluídos inúmeros periféricos (sistemas disquetes, gravadores cassetes, sistemas cartuchos, impressoras, modems, joysticks, ratos, canetas óticas, monitores, cassetes, cartuchos, discos vinil ou teclados externos), manuais, livros e revistas de época.

Há ainda uma outra vertente da exposição, neste caso dedicada à história das empresas de Sir Clive Sinclair. Contempla veículos elétricos, aparelhos de medida, calculadoras, relógios, TVs de bolso e rádios/aparelhos áudio.

O dono desta coleção é João Diogo Ramos, engenheiro informático colaborador do Grupo Critical Software há 17 anos e atualmente CEO de uma das empresas do grupo.

A inauguração da exposição LOAD é feita então no dia 27 de abril, pelas 16h30.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes