Esta cerveja foi produzida a 40 mil pés de altitude

por Echo Boomer

A arrojada produção partiu dos fundadores da BrewDog, Martin Dickie e James Watt, que começaram o processo de fermentação a bordo de um Boeing 787 Dreamliner, enquanto cruzavam o Norte da Escócia a 500 milhas por hora.

Depois os especialistas misturaram água, lúpulo e cevada nos recipientes de bordo. O resultado? A cerveja Speedbird 100, exclusiva aos passageiros da British Airways em voos de curto e longo curso, assim como em lounges selecionados. Estará disponível a partir de 1 de maio.

O mais engraçado é que a receita foi elaborada especificamente para o consumo no ar, adaptando-se à sensibilidade reduzida do paladar e do olfato em grandes altitudes. Os passageiros poderão assistir à produção da Speedbird 100 no sistema de entretenimento a bordo a partir do mês de julho.

Também pode interessar

Deixar uma resposta

O Echo Boomer utiliza cookies para dar a melhor experiência possível aos nossos leitores. Aceitar Ler mais

%d bloggers like this: