Esta cerveja foi produzida a 40 mil pés de altitude

A arrojada produção partiu dos fundadores da BrewDog, Martin Dickie e James Watt, que começaram o processo de fermentação a bordo de um Boeing 787 Dreamliner, enquanto cruzavam o Norte da Escócia a 500 milhas por hora.

- Publicidade -

Depois os especialistas misturaram água, lúpulo e cevada nos recipientes de bordo. O resultado? A cerveja Speedbird 100, exclusiva aos passageiros da British Airways em voos de curto e longo curso, assim como em lounges selecionados. Estará disponível a partir de 1 de maio.

O mais engraçado é que a receita foi elaborada especificamente para o consumo no ar, adaptando-se à sensibilidade reduzida do paladar e do olfato em grandes altitudes. Os passageiros poderão assistir à produção da Speedbird 100 no sistema de entretenimento a bordo a partir do mês de julho.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,987FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
784SeguidoresSeguir

Parceiros

Relacionados

Super Bock tem uma nova cerveja de inspiração alemã

Já podem encontrar nos supermercados, comprar através da Dott e, até, receber em casa graças à Glovo.

8ª Colina Marquês – O Renascimento da cerveja em pleno centro de Lisboa, agora com pizza

Como em tantos outros projetos que andaram a ser pensados, em construção ou recém-inaugurados, a 8ª Colina (ou Oitava Colina, por extenso) tinha grandes planos que tiveram de ser alterados.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Análise – Creative Stage V2

Uma barra de som com um subwoffer dedicado que, em conjunto, podem fazer maravilhas para quem tem televisores mais antigos.

McDonald’s e Burger King estão quase a abrir restaurantes na Nazaré

Após não se ter concretizado a abertura no ano passado, 2021 é o ano em que as cadeias de fast food vão chegar à Nazaré.

Tomatino. Setúbal vai receber novo restaurante dedicado às pastas italianas

Vai situar-se no local que, até então, era do Café 3.