Espetáculo “Quarto Escuro” vai ajudar a Operação Nariz Vermelho

Um evento solidário onde todos entram às escuras e ninguém sabe o alinhamento nem quais serão os convidados. Chama-se “Quarto Escuro” e vai decorrer no próximo sábado, dia 3 de fevereiro, entre as 17h e as 19h, pelo segundo ano consecutivo no Cinema São Jorge, em Lisboa. O objetivo é ajudar a Operação Nariz Vermelho.

- Publicidade -

A ideia é do radialista/apresentador/escritor Fernando Alvim, que se juntou à também radialista/apresentadora Ana Galvão e à empresária Rita Nabeiro, para serem os anfitriões do evento. Quem estiver por lá, o garantido é que irão entrar com um bilhete na mão, pois tudo o resto está envolto em mistério.

Na primeira edição do “Quarto Escuro”, realizada o ano passado, passaram pelo evento nomes como Bruno Nogueira, Nuno Markl, Manuel João Vieira, Márcia, Samuel Úria, Filipe Melo, Catarina Molder, Ricardo Ribeiro, entre outros, pelo que este ano a expetativa está ainda mais alta.

Certo mesmo é que, quem adquirir o bilhete para o espetáculo, estará a ajudar a Operação Nariz Vermelho. Custam 10€ cada e o valor total da bilheteira será entregue a esta instituição que trabalha há 15 anos em Portugal e que, através de um trabalho sério e profissional de 26 Doutores Palhaços, espalha alegria junto das crianças hospitalizadas.


 

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,770FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
656SeguidoresSeguir

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Castelo de Leiria reabre portas até junho deste ano

Recorde-se que o castelo fechou em junho de 2019 para obras de reabilitação de alguns dos seus espaços.

McDonald’s deixa de vender bebidas temporariamente no McDrive e takeaway

A medida está relacionada com o facto de o Governo português ter proibido a venda de qualquer tipo de bebidas ao postigo.

A nova garrafa de água Vitalis é feita com plástico 100% reciclado

Com esta inovação, a estimativa da empresa é conseguir evitar, por ano, o uso de mais de 6,3 toneladas de novo plástico.