fbpx

Em janeiro, na Netflix

Com a chegada de um novo mês, chegam também novidades à Netflix. Entre séries, filmes e muito mais, vamos ver o que o mês de janeiro nos reserva.

Abrimos o ano com grandes novidades. A Marvel pode estar a despedir-se da Netflix, mas ainda tem truques na manga. E a ocupar o seu lugar já há um candidato: a DC. Há a estreia de novas temporadas de séries populares e muitos filmes recentes a chegar.

2019 começa com Uma Série de Desgraças, que vai para a sua terceira temporada. Os irmãos Baudelaire continuam em fuga, com novas missões por cumprir, e o excêntrico conde Olaf continua a persegui-los. Esta promete ser a última temporada, o que significa que todos os mistérios podem ser revelados. Estreia logo no dia 1.

Ainda no mundo dos super-heróis chega-nos também TITANS da DC. A série live-action baseada na banda desenhada de Teen Titans apresenta-nos um grupo de heróis mais sério e marginalizado. Esta adaptação exclusiva ao novo serviço de streaming para tudo o que é da DC chega até nós pela Netflix no dia 11.

Também de regresso temos Star Trek: Discovery, na sua segunda temporada. Esta série do universo Star Trek serve como uma prequela da série original, onde acompanhamos as aventuras da tripulação da USS Discovery enquanto vão tropeçando nos vilões mais icónicos da saga, os Klingons. A segunda temporada começa a 18 de janeiro.

Para terminar, temos aquela que será a série mais antecipada dos últimos meses. Punisher – O Justiceiro regressa na sua segunda temporada. Depois das séries da Marvel serem canceladas, só resta a série de Frank Castle e de Jessica Jones. Pouco se sabe sobre este novo capítulo da jornada de vingança deste anti-herói, apenas que chega já em janeiro numa data ainda a confirmar.

E há mais, muito mais a chegar à Netflix em janeiro. Para ficarem a par das últimas novidades, espreitem o vídeo no topo do artigo para saberem o que podem esperar.


- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,779FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
628SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Crítica – The Devil All The Time

The Devil All The Time pode não ser indicado para aqueles que têm uma visão muito pessoal sobre a religião. Já para outros será um filme que tardará a desaparecer da memória.

Crítica – I’m Thinking of Ending Things

Atenção, este não é daqueles filmes para colocar na televisão e ajudar a passar o tempo.
- Publicidade -

Mais Recentes

drand: um serviço público de números aleatórios

O que têm em comum a segurança do seu home banking, as auditorias eleitorais, e o sorteio semanal do Euromilhões? Todas requerem números aleatórios.

Crítica – The One and Only Ivan

The One and Only Ivan é um dos filmes mais bonitos de 2020.

Protege A Criança mais importante da galáxia no novo set LEGO de The Mandalorian

Agora que já todos conhecem, finalmente, A Criança, ou Baby Yoda para os amigos, o Grupo...