EDP está a oferecer tomadas inteligentes

por Echo Boomer

À semelhança do que aconteceu no passado, a EDP Serviço Universal, juntamente com a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), volta a oferecer tomadas inteligentes aos consumidores. Não é necessário ser cliente da EDP. De facto, qualquer titular de um contrato de energia elétrica do setor residencial em Portugal Continental, independentemente do seu comercializador de energia, pode pedir esta tomada. Apenas não são elegíveis aqueles que pediram numa edição anterior.

Das 80 mil tomadas disponibilizadas, vários milhares já devem ter sido pedidas, pelo que apressem-se a pedir a vossa. Basta irem a este link e verificar se ainda existem tomadas disponíveis para entrega no vosso código postal. Em caso afirmativo, basta depois preencher todas as informações corretamente. Dias depois, deverão receber esta tomada inteligente na vossa residência através dos CTT.

Na prática, estas tomadas inteligentes da EDP desligam automaticamente outros equipamentos quando desligam aquele que está ligado na entrada Master. Imaginemos que têm a ficha de alimentação da TV ligada na entrada Master. No momento em que desligam a TV, todos os outros equipamentos ligados a esta tomada são, também eles, desligados. Na prática, isto fará diferença na fatura da eletricidade todos os meses. Podem, até, fazer as contas e perceber o quanto vão poupar por ano com o uso desta tomada inteligente.



Adicionalmente, como estas tomadas inteligentes reduzem o desperdício energético, evitam também a emissão de dióxido de carbono para a atmosfera.

Em comunicado, a EDP diz que “as famílias poderão poupar até 44 euros por ano na fatura de eletricidade, apenas por desligarem os equipamentos que se mantêm diariamente em modo inativo. Os consumidores estarão também a evitar a emissão de dióxido de carbono para a atmosfera, por reduzirem o desperdício energético”.

É a terceira vez que existe esta distribuição gratuita de tomadas inteligente, numa iniciativa inserida no Plano de Promoção da Eficiência no Consumo de Energia Elétrica (PPEC). 75% dos custos desta campanha são suportados pela ERSE, os restantes 25% são da responsabilidade da EDP. Aos consumidores, felizmente, nada é cobrado.

Esperemos é que estas novas tomadas tenham mais qualidade que aquelas distribuídas anteriormente. Muitas tomadas não chegavam sequer a funcionar, ou danificavam-se ao fim de poucas utilizações. Há quem diga que tudo se deve ao facto de os materiais no interior serem de fraca qualidade. Esperemos que não seja o caso desta vez.

Deixar uma resposta

Também pode interessar

O Echo Boomer utiliza cookies para dar a melhor experiência possível aos nossos leitores. Aceitar Ler mais

%d bloggers like this: