Dragon Quest Builders 2: Jogo já chegou ao Xbox Game Pass

Anunciado no mês passado na Xbox Wire, Dragon Quest Builders 2 já chegou à Xbox One, Xbox Series X|S – via retrocompatibilidade – e Windows 10. O jogo também foi lançado no Xbox Game Pass (Cloud, Console e PC).

- Publicidade -

Embora o spin-off focado na construção da lendária série Dragon Quest esteja no mercado há algum tempo, esta é a primeira aparição na plataforma Xbox.

Dragon Quest Builders 2: Conhecendo o jogo

Para os fãs antigos, Dragon Quest Builders 2 é um spinoff inspirado no Minecraft da lendária franquia criada por Yuji Horii, Akira Toriyama e o compositor Koichi Sugiyama.

O RPG de construção de blocos mantém o mesmo modelo de arte charmoso e personagens peculiares da série original, mas muda o foco do jogo para que possamos reunir recursos e construir a nossa própria cidade.

Como aspirantes a ‘Mestre Construtor’, cabe-nos explorar o mundo em busca de recursos raros e defender as nossas criações de hordas assustadoras de inimigos zangados.

Muitos jogadores já tinham experimentado um pouco de Dragon Quest Builders 2 na Nintendo Switch, pelo que estavam muito ansiosos para jogar em modo multijogador cooperativo com os seus amigos na Xbox.

Com Cross Play entre consolas, PC e smartphones através de streaming na cloud, este é um título fantástico para jogar com os amigos, tal como costumávamos fazer no Minecraft.

Ficaram com saudades? Façam download de Minecraft de forma rápida e fácil e tenham sempre à disposição este clássico que popularizou os jogos de construção.

Explicando o multiplayer do Dragon Quest Builders 2

Existem inúmeras formas de jogar o modo multijogador em Dragon Quest Builders 2, além do título que separa o multijogador do jogo principal.

Preparámos um guia para jogar multijogador em Dragon Quest Builders 2. Vamos detalhar exatamente o que precisam de fazer para desbloquear o modo (seja a jogar online ou sem fios localmente) e explicar como começam o modo multijogador.

Como jogar com amigos online?

Para desbloquearem as funcionalidades multijogador de Dragon Quest Builders 2, têm de, em primeiro lugar, completar a primeira ilha do jogo. Depois de Furrowfield estar limpo, podem voltar para a ilha onde o jogo começou.

Procurem uma missão que envolva uma Tábua de Pedra. Assim que completarem isto, desbloqueiam o Explorer’s Shores, onde podem aceder a um portal na praia para se juntarem ao Multiplayer Online.

Como funciona o Cross Play do jogo

Dragon Quest Builders 2 também está atualmente disponível para Playstation, Nintendo, PC e smartphones e, felizmente, a Square Enix está a permitir que os diferentes grupos joguem juntos.

Precisam de uma subscrição PS Plus se forem um jogador PS4 e um subscrição Nintendo Online se estiverem na Switch. Para jogarem na Xbox, basta ter o Xbox Game Pass e podem jogar ao lado dos vossos amigos, mesmo que tenham uma consola diferente.

Esta é uma grande funcionalidade que gera um maior envolvimento entre os jogadores. Neste momento de pandemia global, muitos jovens e adultos estão a usar os jogos como a principal forma de socialização.

Que áreas podem ser jogadas em modo multijogador?

O modo multijogador em Dragon Quest Builders 2 pode ser muito divertido, mas não esperem poder jogar o jogo inteiro ao lado dos vossos amigos.

Lembram-se da ilha que mencionámos antes? Bom, esta é uma ilha onde podem construir e criar o que quiserem.

Esta é, também, a área onde podem jogar multijogador, basicamente começando uma ilha com os vossos amigos. Podem “alojar” três amigos na vossa própria ilha ou saltar para o mundo de um amigo quando quiserem.

Existe uma forma local de jogar em modo cooperativo?

Se esperavam jogar Dragon Quest Builders 2 com um amigo em casa no mesmo sistema, estão sem sorte. Só podem jogar Dragon Quest Builders 2 Multiplayer online.

Isto significa que cada jogador irá necessitar do seu próprio sistema e cópia do jogo para jogar. Podem convidar os vossos amigos através da lista de amigos de cada sistema.

É por isso que a funcionalidade Cross Play é tão importante, pois permite que os amigos, mesmo aqueles que não usam a mesma consola, joguem ao vosso lado para, em conjunto, construir uma ilha magnífica.

Considerações finais

No geral, consideramos Dragon Quest Builders 2 tão satisfatório como Dragon Quest Builders, o que significa duas coisas:

  1. Se gostaram tanto de DQB como nós, então vale a pena passar algumas horas a explorar este título;
  2. Se já se fartaram da jogabilidade de fusão de sandbox/RPG de DQB e não querem revisitá-la, são livres de porem isso de lado.

No entanto, se são completamente novos na série Dragon Quest Builders, recomendamos sinceramente que dêem uma oportunidade a Dragon Quest Builders 2.

A mecânica é envolvente e gratificante, as histórias são mais tocantes do que se pode imaginar e os diálogos são, por vezes, super divertidos. Quer sejam um criador ou um destruidor, há algo para desfrutarem em Dragon Quest Builders 2.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

60.000 jovens vão poder fazer um Interrail gratuito já em 2022

Poderão viajar por um período máximo de 30 dias.

Chegou o trailer oficial da 3ª temporada de You

E muita coisa vai acontecer nos novos episódios. Depois das primeiras imagens e da data de estreia da terceira temporada,...

10.ª edição do Open House Lisboa leva-nos a descobrir “Os Caminhos da Água” com várias visitas gratuitas na capital e em Almada

25 e 26 de setembro são as datas do regresso do incontornável fim de semana de visitas gratuitas que desafia a percorrer e a desvendar a cidade através da arquitectura.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

60.000 jovens vão poder fazer um Interrail gratuito já em 2022

Poderão viajar por um período máximo de 30 dias.

Chegou o trailer oficial da 3ª temporada de You

E muita coisa vai acontecer nos novos episódios. Depois das primeiras imagens e da data de estreia da terceira temporada,...

10.ª edição do Open House Lisboa leva-nos a descobrir “Os Caminhos da Água” com várias visitas gratuitas na capital e em Almada

25 e 26 de setembro são as datas do regresso do incontornável fim de semana de visitas gratuitas que desafia a percorrer e a desvendar a cidade através da arquitectura.