- Publicidade -

Dragon Ball FighterZ pode ser jogado gratuitamente na Xbox One este fim de semana

-

Se são fãs de Dragon Ball, têm uma Xbox One e ainda não jogaram FighterZ, vão ter agora a oportunidade de experimentar a adrenalina deste jogo de luta graças ao programa Xbox Live Gold’s Free Play Days.

Os subscritores do Xbox Live Gold vão poder experimentar a versão completa de Dragon Ball FighterZ já a partir de hoje e até à madrugada de segunda-feira, pondo em prova as suas habilidades ao controlarem algumas das personagens mais poderosas dos animes.

Ao mesmo tempo, os interessados em adquirir o jogo para sempre terão um desconto exclusivo de 60% na edição normal e de 50% na FighterZ Edition e na Ultimate Edition.

Dragon Ball FighterZ é, também, um jogo preparado para a Xbox One X, o que significa que os jogadores desta versão da consola poderão tirar partido de uma qualidade de imagem melhorada com resoluções mais altas.

Para tirar partido destas ofertas durante o fim de semana, basta terem a subscrição do Xbox Live Gold.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos nas redes Sociais

9,830FãsGostar
4,010SeguidoresSeguir
481SeguidoresSeguir
- Publicidade -

Mais Recentes

Byte. Novo “rival” do TikTok nasce das cinzas do Vine

Estávamos em 2013, não existia TikTok e o Instagram ainda não era assim tão popular. Reinava o...

Análise – Dragon Ball Z: Kakarot

Dragon Ball Z: Kakarot é uma fiel reprodução da história desenvolvida por Akira Toriyama, mas falta-lhe polimento e alguma inovação no gameplay para que possa ser recomendado a quem não é verdadeiramente fã.

Soho Soho (Neon Soho) vencem Festival Termómetro e vão atuar no NOS Alive e BONS SONS

Foi nesta madrugada de 26 de janeiro que ficámos a conhecer os grandes vencedores da 25.ª edição do Festival Termómetro. São os Soho Soho (Neon Soho), banda lisboeta constituída por Ana Vieira, Vera Condeço e Ricardo Cruz.

Perfumes & Companhia está a dar vouchers a quem reciclar

Mas para isso é preciso seguir alguns passos.

Crítica – 1917

Sam Mendes traz a sua visão singular a este épico sobre a Primeira Guerra Mundial, 1917. Num filme destinado a ser visto no maior e melhor ecrã possível.
- Publicidade -