fbpx

Doutor Finanças disponibiliza Simulador de Subsídio de Desemprego 2020

Com esta ferramenta, os necessitados conseguem não só saber durante quanto tempo terão acesso a este subsídio, mas também o valor que irão receber ao longo desse período.

Subsídio de Desemprego

O Doutor Finanças, empresa especializada em finanças pessoais e familiares, acaba de disponibilizar o Simulador de Subsídio de Desemprego 2020. Com o simulador, os necessitados conseguem saber durante quanto tempo terão acesso a este subsídio, bem como o valor que irão receber ao longo desse período.

Os dados de remuneração a introduzir no simulador referem-se aos primeiros 12 meses dos últimos 14 anteriores à situação de desemprego.

Para que seja possível simular corretamente o valor e duração do subsídio de desemprego, são necessárias as seguintes informações: Número de dias com contribuições nos 24 meses anteriores ao desemprego; quantos meses contribuíram na totalidade da carreira; idade; salário médio dos primeiros 12 meses nos últimos 14 meses; número de meses com descontos nos últimos 14; valor do subsídio de férias; valor do subsídio de Natal; situação do agregado familiar e número de dependentes.

Para se ter direito a este subsídio, basta que tenham feito descontos como trabalhador por conta de outrem durante, pelo menos, 360 dias nos dois anos anteriores à situação de desemprego. Já o valor dependerá dos rendimentos declarados.

No entanto, estão estipulados limites mínimos e máximos. Uma pessoa que fique desempregada receberá 65% da remuneração de referência, sendo que isto se refere a rendimentos brutos e abrange todas as remunerações declaradas nos primeiros 12 meses dos últimos 14 meses, incluindo subsídios de Natal e de férias. Em termos de rendimentos líquidos, está definido que, no máximo, o beneficiário receberá 75% do valor de referência.

Quanto aos limites monetários, está definido que no mínimo uma pessoa que fique desempregada receberá o equivalente a um indexante de apoios sociais (IAS), que em 2020 é de 438,81€ Já o limite máximo é de 2,5 IAS, que este ano corresponde a 1.097,03€.

Relativamente à duração do mesmo, quanto mais anos de descontos, mais tempo durará o subsídio de desemprego. Por exemplo, uma pessoa com mais de 50 anos de idade que tenha registado contribuições para a Segurança Social toda a vida ativa terá acesso a 540 dias, acrescidos de 60 dias por cada 5 anos com registos de descontos nos últimos 20 anos. Neste caso, o acréscimo seria de 240 dias de subsídio, o que corresponde a oito meses.

De realçar que as regras do subsídio de desemprego foram alteradas em 2012, mas ainda há pessoas que podem beneficiar dos pressupostos da altura. Este Simulador de Subsídio de Desemprego também mostra as duas situações (antes e depois de 2012) para que as pessoas possam perceber qual o melhor cenário para o seu caso, sendo que as condições concedidas pela Segurança Social são sempre as mais favoráveis para o contribuinte e feitas de forma automática.

O Subsídio de Desemprego é pedido no centro de emprego, num prazo de 90 dias contínuos, após a data de desemprego. Para que possam fazer o requerimento do mesmo, os beneficiários já deverão estar inscritos no centro de emprego.

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,779FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
629SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

5 dicas de poupança para 2019

As pessoas podem andar cada vez mais informadas e a aplicar cada vez mais dicas de poupança, mas ainda...

Doutor Finanças inaugura 1ª clínica de finanças pessoais e familiares em Portugal

A Doutor Finanças, empresa de consultoria em finanças pessoais, inaugurou ontem a primeira clínica de gestão de finanças pessoais...
- Publicidade -

Mais Recentes

Escola de Medicina da Universidade do Minho lança plataforma de autoavaliação da saúde mental

A Escola de Medicina da Universidade do Minho, em colaboração com o seu Centro de Medicina Digital P5, desenvolveu uma plataforma gratuita que permite fazer uma autoavaliação da saúde mental.

Domino’s Pizza chegou a Leiria

A marca continua a sua expansão por Portugal.