Doom Eternal vai ter uma banda sonora com coros de metal

Está quase a chegar mais um jogo da mítica série de ação ultraviolenta na primeira pessoa, Doom.

- Publicidade -

Doom Eternal é a sequela do reboot de 2016, que, além de visuais incríveis e de uma jogabilidade feroz e muito satisfatória, também se destacou pela brutal banda sonora de Mick Gordon, que misturou rock, heavy metal, djent e eletrónica industrial, num álbum dinâmico que respondia a todas as ações do jogador durante as batalhas.

Para Doom Eternal não se espera menos do que o que já tivemos, mas Gordon promete elevar a fasquia com um mega coro de metal.

Num vídeo de bastidores do jogo, Gordon fala do processo e do conceito para o novo jogo e mostra-nos ainda um pouco das gravações do mega coro de metal que vai acompanhar a música. Para este projeto, a equipa de produção convidou vocalistas de várias bandas de metal e semelhantes para participarem nas gravações. E a verdade é que o resultado promete, pelo menos a julgar pelos pequenos snipets do vídeo.

Doom Eternal chega ao PC e consolas já no dia 20 de março. Até lá, podem entrar no mood ao ouvir, ou reouvir, a banda sonora do jogo de 2016, aqui:

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

13,066FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
789SeguidoresSeguir

Parceiros

Relacionados

O tema de Mortal Kombat recebe um remix para o novo filme

Benjamin Wallfisch é o compositor do novo tema que é, no mínimo, energético.

Poderá haver mais Doom após Doom Eternal

Quem o diz é o diretor do jogo.

Há cinco novos jogos da Bethesda a tirar partido do FPS Boost da Xbox Series X|S

E claro, são alguns dos recém-chegados da Bethesda.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Sim, os novos episódios de Dexter vão chegar à HBO Portugal

A nova série já começou a ser produzida, com uma data de estreia provisória no outono de 2021.

Crítica – Spiral: From the Book of Saw

Spiral pode oferecer sangue, gore e armadilhas/homicídios brutais o suficiente para os fãs da franchise, mas no geral, não deixa de ser apenas mais uma versão preguiçosa e previsível da fórmula de SAW.