Depois do filme, as Doce chegam à TV no início de outubro

A série vai ser exibida na RTP1.

- Publicidade -

Há muito tempo que se sabe que, além de um filme biográfico sobre as Doce, também teríamos direito a uma história para TV sobre a maior girls band portuguesa de sempre. Porém, não tínhamos até aqui uma data de estreia em concreto.

Esta semana, a RTP divulgou que a série irá estrear daqui a uns dias, mais especificamente já a 2 de outubro.

A série, de sete episódios, tem uma forte componente musical, baseada em factos e depoimentos reais, acompanhando todo o percurso da banda desde o seu início em 1979 até ao fim da formação inicial. Vivemos esta história pelos olhos das quatro protagonistas, as cantoras das Doce, mas sem esquecer o círculo de pessoas que lhes são mais próximas: amigos, cúmplices, namorados, amantes, assim como opositores… A produção mostra como estas quatro “mosqueteiras” (assim se apresentaram vestidas no Festival da Canção que venceram em 1982) conseguiram deixar um legado que sobreviveu às vozes conservadoras do seu tempo.

As Doce sobreviveram a todos os críticos e deixaram a sua marca numa geração e num país. Ana Marta Ferreira, Bárbara Branco, Carolina Carvalho e Lia Carvalho protagonizam as Doce ao lado de nomes como José Mata, João Vicente, Igor Regalla, Hélder Agapito, Eduardo Breda, Vicente Wallenstein, entre outros.

Além de conseguirem ver na RTP1, quem não apanhar a tempo pode sempre (re)ver os episódios na RTP Play.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

3ª temporada de You já tem data de estreia na Netfix

E também temos as primeiras imagens.

1ª temporada de I Know What You Did Last Summer já tem data de estreia

Quatro episódios ficam logo disponíveis no dia de estreia.

Série de O Senhor dos Anéis ganha data de estreia

Infelizmente, ainda temos de esperar bastante...
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

O novo hambúrguer da Burger Wheels é de comer e chorar por mais

Não só já provámos, como até repetimos.

Blade of Darkness – À lei da espada

Um regresso ao passado competente que merecia algumas melhorias na jogabilidade.