- Publicidade -

Dicas para desfrutar a primavera em pleno no outdoor e jardim

-

- Publicidade -

“Os poderosos podem destruir uma, duas, até três rosas, mas jamais poderão deter a primavera”. A frase pertence a Ernesto Guevara de la Serna, vulgo Che Guevara, e pedimo-la emprestada para, e apesar dos desvairos climáticos que a colocam em perigo, estender o tapete de boas-vindas à primavera que a 20 deste mês traz a vida de volta aos campos, quintais e varandas deste país.

É belo o cenário. Uma caleidoscópica paleta de cores inunda o nosso mundo, dando-nos a certeza de que, apesar das agruras do general Inverno, o esforço valeu a pena, nem que seja pelo vislumbre de um pequena abelha colhendo o néctar das flores que entretanto despertaram.

Fonte de beleza, jubilante rio de alegria e paz, a primavera carrega nos braços a renovação que muitos aproveitam para colocar em prática nas respetivas casas com as mui famosas limpezas gerais à cabeça.

Desta feita, deixaremos o pano do pó de lado e concentrar-nos-emos no outdoor da casa. É lá que estacionamos a nossa guerrilha. Não destruiremos rosas, antes, tentaremos revolucionar o quintal/jardim ou varanda lá de casa com armamento de peso vindo diretamente da jardinagem e da decoração de exteriores para que as ervas daninhas não detenham a primavera no lar.

Dicas para desfrutar, em pleno, da primavera no jardim e outdoor

Bambu

Multifacetado, o bambu permite cobrir diversas frentes e também ser usado para diferentes funções. Citamos utilizado como “papel de parede”, para a criação de telas que protegem a privacidade, ou simplesmente apenas para trazer verticalidade. Para dar um toque ainda mais especial aos bambus, podem utilizar lâmpadas modernas que iluminam pontos específicos e criam uma atmosfera única e muito refinada. Apesar de originário da Ásia, o bambu adaptou-se facilmente ao clima português e pode ser encontrado, virtualmente, em qualquer horto do país.

Deck de madeira

Para criar um ambiente agradável para relaxar e beber uns copos com os amigos, podem reservar um pedaço da varanda ou jardim para colocar um deck de madeira (dependendo do espaço disponível). De modo a torná-lo ainda mais convidativo, podem pontuá-lo com vasos esmaltados e banquinhos de polipropileno colorido.

Jardim vertical

jardim

Se gostam de natureza, mas o espaço não abunda e o dinheiro também não, uma boa solução passa por construir uma “parede de madeira” e revesti-la de vasos com plantas. Podem, por exemplo, desmanchar uma palete ao meio e aparafusar à parede uma ou duas das estruturas daí resultantes. Se, à partida, um jardim vertical poderia parecer dispendioso, até agora gastou-se zero.

O único dinheiro que sairá da vossa carteira será para comprar vasos (por exemplo, com uma simples navegação na Internet podem encontrar lojas online nacionais como a Loja Viva onde, por um mísero euro, podem adquirir vasos equipados com suporte para este tipo de jardim ou a Growit que, dentro do mesmo orçamento e numa perspetiva mais amiga da natureza, disponibiliza sementes biológicas de todo o tipo de plantas).

Misturar materiais: azulejo, pedras e relva

Para uma opção extremamente económica, sugerimos que revistam parte ou todo o pavimento do vosso pátio com azulejo. De facto, esta é a opção mais em conta no mercado. Podem, por exemplo, optar por revestir uma pequena parte com um azulejo bege, separando-a da relva com o recurso a uma linha de pedras brancas. Estas três camadas diferentes acabaram por criar, de forma simples, um efeito extraordinário.

Se a criatividade é o vosso forte e têm “mão para o desenho”, utilizem as pedras brancas como “lápis” e tracem desenhos sobre a “tela de relva.

Bancos: da madeira ao metal com almofadas de permeio

Não precisam de ser carpinteirom para pôr mãos à obra e construir o vosso próprio mobiliário de jardim. Com alguma criatividade e boa vontade, temos a certeza que conseguirão construir uns bancos e uma mesa.

Se acharem esta ideia difícil de cumprir, façam-no com paletes. Apesar de com uns quantos tubos de metal ser possível engendrar uma cadeira ou um sofá de jardim, a possibilidade de acabar com o rabo no chão é grande. Se se consideram um verdadeiro homem dos sete ofícios, mas a serralharia não é um deles, a opção terá que passar por adquirir um. Pegando na consulta efetuada aquando dos vasos, encontramos na mesma Loja Viva um sofá minimalista em metal fino (acompanhado de almofada) que complementa com um toque natural o espaço outdoor de casa.

Uma parede em pedra

Talvez uma opção um pouco mais dispendiosa, mas que criará, sem dúvida nenhuma, um efeito surpreende no jardim. Revistam uma das paredes com pedra e dêem ao seu espaço exterior um toque campestre.

Churrasqueira

Não são só as flores que regressam à vida na primavera. Com o aumento da temperatura e o sol a pairar mais dias no céu, a vontade de fazer do nosso jardim sala de jantar renova-se automaticamente. Uma churrasqueira, seja comprada ou DIY (do it yourself – faz tu mesmo), afigura-se como a solução ideal para juntar família e amigos para faustos repastos no jardim lá de casa. Apesar de mais complexo, no caso de varandas de apartamentos é possível colocar uma mini-churrasqueira que vos permitirá usufruir daquele pequeno espaço exterior na vossa casa.

Decorar com uma fonte

E se falamos de algo campestre na última dica, continuamos no campo seguindo a rota do romântico para resgatarmos para o nosso jardim as elegantes e frescas fontes. Dado o inusitado desta dica, embrenhamo-nos no mercado nacional de fontes e descobrimos empresas como a Planflor ou a Electronic-Star que, por preços a variar entre os 100 e os 200 euros, disponibilizam uma panóplia infindável de estilos que vão desde as mais tradicionais fontes/bebedouros até uma fonte de tonéis com bomba vintage a acompanhar.

Otimizar o espaço outdoor

Otimizem o espaço exterior da vossa casa. Definam corretamente o vosso pátio, criando várias áreas, mediante o espaço disponível. Por exemplo: uma área para uma churrasqueira, uma área de refeições/relaxe (longe da churrasqueira devido ao calor que esta última emana) e, caso ainda sobre espaço, uma pequena zona para as brincadeiras dos filhos.

Piscina

Esta exuberância vai colher frutos mais à frente. Quando o calor convidar, ou apertar, um mergulho na piscina vai saber a mel. Se o preço é um entrave, saiba que existem diversas opções no mercado adaptadas a todos os espaços e “bolsas”.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

10,245FãsGostar
4,046SeguidoresSeguir
508SeguidoresSeguir

Mais Recentes

Projeto “Preenchido pela Paralisia” põe utentes com paralisia cerebral a declarar IRS dos portugueses

O projeto surge por parte da Associação de Paralisia Cerebral de Lisboa (APCL), que apela aos portugueses que aproveitem um direito por muitos ainda desconhecido: a consignação de 0,5% do IRS, através do projeto Preenchido Pela Paralisia.

Análise – Resident Evil 3 Remake

Resident Evil 3 Remake espelha o original de 1999 de forma refrescante e emocionante, num jogo mais coeso e orientado na ação que o seu antecessor, mas que serve também de um excelente complemento para assistir de perto à tragédia de Raccoon City.

Concurso Montepio Acredita Portugal 2020 com inscrições abertas até 25 de abril

Além disso, o concurso adotou um formato inicial digital, 100% online, pelo que, depois, o desenvolvimento de ideias submetidas irá decorrer até 17 de maio deste ano.

Makro Portugal abre as portas das suas lojas a todos os consumidores

A partir das 06h de hoje, 6 de abril, a Makro Cash & Carry Portugal S.A. abre as portas de todas as suas lojas a nível nacional de forma a garantir a continuidade da cadeia de distribuição de produtos a todos os consumidores.

Crítica – Sonic the Hedgehog

Sonic the Hedgehog é uma aventura divertida que qualquer família pode desfrutar numa tarde de domingo.
- Publicidade -