DGS defende que os equipamentos de ar condicionado não espalham o coronavírus

Isto porque não existe qualquer evidência científica que a COVID-19 se propague desta forma.

ar condicionado
- Publicidade -

A Direção-Geral da Saúde (DGS) considera que o risco de transmissão do novo coronavírus motivada pela utilização de ar condicionado em espaços fechados é muito baixo, desde que se cumpram as regras de manutenção e o espaço seja arejado.

Numa atualização às orientações sobre climatização dos espaços, a DGS refere que o risco da utilização de sistemas AVAC (Aquecimento, Ventilação e Ar Condicionado) é considerado muito baixo, “desde que se cumpram as regras para uma utilização segura, nomeadamente a sua manutenção, de acordo com as indicações do fabricante, e a renovação do ar dos espaços fechados”, lê-se no documento.

Recorde-se que, a 9 de julho, a OMS emitiu um comunicado sobre as vias de transmissão do SARS-CoV-2, em que reitera que a transmissão do vírus ocorre maioritariamente através de secreções e gotículas e do contacto próximo com pessoas infetadas, não excluindo a possibilidade de transmissão por aerossóis.

A DGS atualizou também as orientações relativas a métodos de pagamento, referindo que se verifica que “o risco da utilização de moedas e notas é considerado muito baixo desde que se cumpram as regras de higienização das mãos”.

Fonte:DGS
- Publicidade -

Parceiros

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Reportagem North Music Festival (Dia 2): Poucos mas bons na exaltação poética de Capicua

É verdade que foi um dia com pouca afluência, mas pelo menos estava um tempo maravilhoso.

Portugália vai regressar a Setúbal, mas em versão balcão

Passa de um restaurante isolado para uma loja no Alegro Setúbal.

12 antigas estações ferroviárias vão ser requalificadas e valorizadas para fins turísticos

10 no distrito de Bragança e duas no distrito de Viana do Castelo.